Vereadores de Alpinópolis aprovam projetos e debatem sobre processo seletivo e folha de pagamento

Em reunião ordinária realizada na última segunda-feira (03) a Câmara de Alpinópolis aprovou, em primeira votação, um projeto que determina ao Poder Executivo o envio de respostas sobre indicações feitas pelos vereadores. Também foi aprovada uma proposta para criação de cargo de odontólogo e outra autorizando abertura de crédito suplementar. As discussões e pronunciamentos giraram em torno das proposições votadas e diversos outros assuntos relacionados ao município.

O vereador Guilherme Lima (PSD), líder do governo, falou sobre atividades esportivas promovidas pela prefeitura e fez esclarecimentos sobre o gasto mensal com a folha de pagamento do município que, segundo ele, aproxima-se de R$ 1,5 milhão, cifra contestada pelo colega Rafael Freire (Avante), líder da oposição, que disse acreditar ser um montante maior, já que esse total não incluiria os salários pagos aos terceirizados. O vereador Pelota (PSD) fez menção ao grupo que realizou uma romaria a pé até Aparecida do Norte/SP, na qual esteve presente o companheiro de bancada Quinca do Tião Roberto (PTB), que inclusive justificou sua falta na reunião anterior pela participação neste evento católico. Sandra do Joaquim Itamar (PSDB) solicitou informações sobre a realização do processo seletivo da prefeitura, pois alguns pontos lhe causaram estranheza, notadamente a escolha do pessoal que vai auxiliar nos trabalhos. O presidente José Acácio (PSDB) pediu apuração sobre os questionamentos relativos ao referido processo seletivo, já que foram levantadas dúvidas sobre o caso, solicitando, para tal, informações a serem apuradas pela vereadora Sandra do Nequinha (MDB), que é membro da comissão de organização do certame.

Entrou em única discussão e recebeu aprovação, por unanimidade, o PL 009/2018, que cria função pública de odontólogo. Durante os debates foi abordada uma questão que incide sobre divergências no cumprimento de horário entre os dentistas da prefeitura que atendem nos PSFs.

Foi discutido e aprovado, em primeira votação, o PL 010/2018 cuja redação tem o fim de obrigar o prefeito a responder as indicações feitas pelos vereadores. As discussões em torno da proposta foram longas e acaloradas sendo que, ao final, o projeto recebeu cinco votos favoráveis, da bancada de oposição, e quatro contrários, do grupo da situação.

Após consulta da presidência o plenário deliberou por votar, naquela mesma sessão, o PL 017/2018, que dispõe sobre abertura de crédito suplementar, com finalidade de autorizar auxílio financeiro no transporte de alunos que estudam fora do município. O projeto foi discutido e aprovado por unanimidade.

Foi apresentado um requerimento pelo vereador Guilherme Lima solicitando cópia, ao prefeito, de todas as notificações enviadas para o Loteamento dos Ipês, localizado próximo ao Parque de Exposições de Alpinópolis.

O vereador Rafael Freire fez uma indicação pedindo que o Executivo providencie a limpeza de galerias e realize obras necessárias na rede de esgoto do córrego margeado pela Avenida Francisco Rodrigues da Silva, já que o mau cheiro tem causado incômodo a transeuntes e moradores dos arredores.

Deram entrada na casa ainda as seguintes propostas: Projeto de Lei 018/2018, que estima receita e fixa despesa do município para 2019; Projeto de Lei 019/2018, que altera a lei municipal 2.177/2018 (LDO); Projeto de Lei 020/2018, que altera a lei municipal 2.158/2017 (PPA) e Projeto de Lei 021/2018, que autoriza concessão de subvenções, auxílios financeiros e contribuições.

OUÇA A REUNIÃO NA ÍNTEGRA CLICANDO NO LINK ABAIXO:

Deixe uma resposta