Arquivos por Categoria: Boca no Trombone

Problema de drenagem causa alagamento em rua da Vila Betânia

rua vila 1Moradores do Vila Betânia, em Alpinópolis, solicitam da Prefeitura Municipal, medidas urgentes para solucionar os problemas de alagamentos em umas das vias públicas do bairro. Uma senhora afirma que a via não tem drenagem, o que facilita o acúmulo da enxurrada. “A verdade é que todas as vezes que chove, desce uma enorme quantidade de água da parte alta do bairro, mais precisamente do Monte das Oliveiras, ponto turístico da cidade. Depois que a enxurrada aos poucos vai embora, aparece muita sujeira, mas o varredor de ruas a agente não vê trabalhando. Não adianta reclamar na Prefeitura porque não fazem nada. A situação está terrível. Agora, com o início do período chuvoso neste final de ano, a tendência é ficarmos com a rua alagada constantemente. Ninguém parece estar preocupado com a execução do serviço de drenagem para facilitar o escoamento da água de chuva. Por favor, ajudem as famílias que pagam os impostos, mas os benefícios a que temos o direito não estamos recebendo”, acrescentou a reclamante.

Mães reclamam do atendimento na pediatria da Prefeitura de Alpinópolis

Ambulatório José BrasileiroMoradora de Alpinópolis se diz revoltada com o atendimento médico e as péssimas condições dos locais onde as pessoas cadastradas na Saúde Pública do município são recebidas. O relato é de uma mãe que na semana passada procurou o posto de saúde mantido pela Prefeitura Municipal. “Estive na tarde desse dia 11 de novembro no novo local de atendimento para a pediatria e fiquei até assustada. Depois que fechou a Casa da Vacina e Pediatria, no mês passado, todos os atendimentos foram transferidos para o ambulatório José Brasileiro e este lugar não é adequado como o anterior, que era exclusivo para as crianças. A minha espera para ser atendida foi mais de duas horas e meia com um bebê de colo. Havia mais de 30 mães com seus filhos esperando atendimento e todas, sem exceção, criticavam o novo padrão de serviço adotado pela Prefeitura Municipal. O local não é arejado e não há sequer um ventilador, deixando mães e crianças suando em bicas. Além da superlotação que obrigava muitas pessoas a esperarem de pé porque não tinha banco para todos se sentarem. O ambulatório visivelmente não comportava tanta gente e estava com o piso estragado, colocando em risco quem transitava no local por conta do desnível. Nós que somos mães e dependentes do sistema de saúde pública para nossos filhos, classificamos essas mudanças como um retrocesso na saúde municipal”, descreveu.

Quadra esportiva em Alpinópolis não oferece condições de uso e gera protestos

Quadra esportiva perto do Parque de Exposições está abandonada Foto: Hélder Almeida

Quadra esportiva perto do Parque de Exposições está abandonada
Foto: Hélder Almeida

Um morador de Alpinópolis se diz indignado com o abandono e o péssimo estado de conservação da quadra de esportes construída no mandato do ex-prefeito José Vicente da Silva, o Batatinha, pai do atual administrador do município. O imóvel público está localizado na divisa dos bairros Rosário e Santos Reis, próximo ao parque de exposições da cidade. “Olha, a quadra está com o piso praticamente destruído, a tela de aço em volta está enferrujada, as traves danificadas e cercada de muita vegetação. Ao invés de servir com local de lazer, prática esportiva, virou foi ponto de uso e tráfico de drogas. O atual prefeito prometeu em sua campanha política que iria reformar todas as quadras da cidade, mas depois de quase três anos nem mesmo o serviço de limpeza ele ordenou. Entra prefeito, sai prefeito e nada fazem para o bem-estar das crianças, jovens e adolescentes”, disparou.