Prefeitura terá Orçamento de R$ 40 milhões para 2015

A proposta orçamentária para 2015, enviada à Câmara Municipal pelo prefeito Julio Cesar Bueno da Silva, o Julio Batatinha (PTB), fixa uma previsão de receita e despesa no município da ordem de R$ 40 milhões para o próximo ano. As ações previstas serão financiadas com recursos provenientes de impostos, repasses federais e estaduais e outras fontes de receita. Tanto essa quantia quanto a maneira como será efetivamente utilizada estão discriminadas no PL 026/2014, que se encontra em vias de aprovação pelo Legislativo Municipal, e pressupõe da seguinte forma as aplicações por setor:

tabela_orçamento2015

Corrupção que maltrata nossa cidade, nosso estado, nosso país

ventania_corrupçãoUm das declarações mais polêmicas da famigerada Operação Lava-Jato foi a afirmação do advogado do lobista Fernando Baiano de que no Brasil “não se faz obra pública sem acerto”. Para que o leitor fique esclarecido, o termo “acerto” significa pagamento de propina. O povo brasileiro precisa analisar friamente, longe dos sensacionalismos midiáticos, esta bombástica manifestação e ponderar se a mesma é totalmente verdadeira, parcialmente verdadeira, se foi feita apenas para justificar as irregularidades praticadas pelo cliente do dito advogado ou se todas as hipóteses são cabíveis. Seja qual for a resposta, o certo é que o país precisa estender a sua indignação com a rapinagem na Petrobrás, a maior estatal brasileira, para os pequenos assaltos cometidos aos cofres públicos em pequenas localidades, como a nossa, que acabam sendo aceitos passivamente. Parece que a tal da cultura da corrupção, apoiada em motes malditos como “todo mundo que entra lá rouba”, “rouba, mas faz” ou “na política é assim mesmo”, entrou definitivamente para a normalidade e em Alpinópolis não é diferente.

Entrevista com o novo provedor do Hospital Cônego Ubirajara Cabral

tião_capetaSebastião Sandre Angelo, o Tião Capeta,  foi recentemente eleito para capitanear a Santa Casa de Misericórdia de Alpinópolis e estará à frente do comando da entidade até setembro de 2017. Em entrevista ao Tribuna Alpina o dirigente fala sobre os desafios, questões financeiras, investimentos federais e estaduais no hospital, suporte do poder público municipal, entre outras questões.

VENTANIA, O ARRAIAL DO TOCO

Foto do ano de 2001 mostra Antônio Valeriano Filho no local do TOCO,  atualmente final da Rua Aracaju, no Rosário.

Foto do ano de 2001 mostra Antônio Valeriano Filho no local do TOCO,
atualmente final da Rua Aracaju, no Rosário.

Por volta de 1924, uma estrada entre Ventania e Passos foi improvisada no leito do corredor para a passagem do “Fordinho de Bigode” pertencente a José Sebastião Moreira, conhecido por Nonzé, filho do Prof. José Bernardino de Vasconcelos, morador em Passos. O Fordinho era equipado com três pedais para marchas, rodas com raias de madeira, buzina de fora, capota conversível. As peripécias da viagem de Passos a Ventania foi contada por Antônio Gonçalves Sallum e publicada no jornal Correio dos Alpes em 30/04/1988.

Implantação de autarquia vai mexer no bolso do alpinopolense

Audiência Pública realizada para discutir o futuro do saneamento básico municipal. Foto: Divulgação PMA

Audiência Pública realizada para discutir o futuro do saneamento básico municipal.
Foto: Divulgação PMA

Após a realização de uma audiência pública para discussão de diretrizes na política de saneamento básico municipal, a Prefeitura de Alpinópolis define que será implantada uma autarquia para o gerenciamento desse sistema na cidade. Em um primeiro momento, o atendimento se resumirá ao serviço do complexo de esgotamento sanitário do município,  incrementado por uma obra iniciada em 2012 com recursos da ordem de R$ 17 milhões, oriundos da Funasa. O serviço está previsto para começar em 2015 e, pelo mesmo, será cobrada do contribuinte alpinopolense uma tarifa que corresponderá a 60% de sua conta de água.

Ex-provedor é indenizado por danos morais e doa valor recebido ao hospital

dundaHerculano José dos Reis, o Dunda, ex-provedor do Hospital Cônego Ubirajara Cabral, teve recentemente um pedido de indenização por danos morais julgado procedente pelo juiz da Comarca de Alpinópolis. Em um acordo feito entre as partes, restou definido que o autor receberia o valor de R$ 3 mil a serem pagos de forma parcelada, sendo dividido o montante em seis parcelas iguais de R$ 500,00. Após o sucesso obtido na demanda judicial, Dunda optou por doar os valores recebidos ao hospital. As parcelas serão depositadas diretamente na conta da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Alpinópolis e a primeira está prevista para ser paga no próximo dia 10 de dezembro.

POLÍTICA E ESGOTO SE MISTURAM

EDITORIAL

A administração municipal se esforça, e muito, para vender ao maior número de pessoas possível a ideia de que a implantação da autarquia municipal pré-denominada SASALP (Serviço Autônomo de Saneamento de Alpinópolis) é um negócio da China.  O grito vindo das bandas da prefeitura é um só: melhor pagar 60% (para a nova autarquia) do que 90% (para a COPASA) sobre o valor da conta de água. Segundo pregam, a primeira opção é uma grande vantagem e refutá-la soaria como um verdadeiro sacrilégio.

HOSPITAL ABRE PROCESSO SELETIVO PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS

HOSPITAL

A prosa cantada e o canto proseado de Lucas Ventania

lucas

O cantor e compositor Lucas Lander Lopes Freire, o Lucas Ventania, é atualmente um dos grandes expoentes da música regional de Minas Gerais. Para quem não sabe, esse talentoso cantador alpinopolense também é artista plástico, desenhista, piloto de avião e exímio cozinheiro. Não podendo deixar de citar sua formação acadêmica em Educação Física.

Faleceu o Bola, um grande poeta alpinopolense.

Alpinópolis perdeu na noite deste domingo (16) um dos mais brilhantes poetas de sua história. Faleceu Fiico Alvim, o Bola, artista nascido no dia da pátria do ano de 1935.