“Remendos” com massa asfáltica desagradam população

Trecho que ficou conhecido como "Tobogã da Dona Indá"

Trecho que ficou conhecido como “Tobogã da Dona Indá

Uma ação que vem gerando polêmica, desde o seu início em meados de novembro do ano passado, são os “remendos” feitos com massa asfáltica sobre os bloquetes de concreto em várias ruas avariadas de Alpinópolis. Em pontos espalhados pela cidade a prefeitura vem executando esse serviço que divide as opiniões dos cidadãos, porém sendo criticado pela grande maioria, segundo pôde averiguar a reportagem do Tribuna Alpina.

Reunião da Câmara de Vereadores – 07/04/2014

câmaraApós a realização da chamada nominal dos parlamentares, foi verificado quorum para realização da sessão e foi feita a abertura oficial. A reunião deste sete de abril de 2014 teve início às 18h:30min e foi encerrada às 20h:25min, contando com um público presente de nove pessoas.

Reunião da Câmara de Vereadores – 31/03/2014

câmaraApós a realização da chamada nominal dos parlamentares, foi verificado quorum para realização da sessão e foi feita a abertura oficial. A reunião deste dia 31 de março de 2014 teve início às 18h:30min e foi encerrada às 20h:20min, contando com um público presente de 18 pessoas.

Justiça Eleitoral cassa prefeito de Passos

ataíde_passosO mandatário da maior cidade do sudoeste de Minas Gerais, prefeito Ataíde Vilela (PSDB) e seu vice Ademir José Silva (PP), tiveram mandatos cassados através de sentença proferida pelo juiz Flávio Barros Moreira. O magistrado determinou, na tarde dessa sexta-feira (28), que os votos obtidos pela dupla nas eleições de 2012 fossem declarados nulos por haver indícios de irregularidade na captação de recursos durante a campanha eleitoral. Ataíde venceu o pleito de seu principal adversário, Renatinho Ourives (PSD), por 26.469 a 20.728 votos.

Reunião da Câmara de Vereadores – 24/03/2014

câmaraApós a realização da chamada nominal dos parlamentares, foi verificado quorum para realização da sessão e foi feita a abertura oficial. A reunião deste dia 24 de março de 2014 teve início às 18h:30min e foi encerrada às 19h:50min, contando com um público presente de 26 pessoas.

FANTASMAS

Encomendadores de almas tocando matracas.

Encomendadores de almas tocando matracas.

Por Hilda Mendonça

Tremo embaixo dos lençóis e, no entanto nem está frio. Lobisomens e mulas-sem-cabeça pululam em meu cérebro. O vizinho Olegário, hoje à tarde estava com os olhos vermelhos. Será ele o lobisomem desta noite? Vi quando ele espetava os bois com aqueles ferrões enormes e até sangue escorria. Não, ele não pode virar lobisomem não, porque ele me conhece tão bem!

Reunião da Câmara de Vereadores – 17/03/2014

câmaraApós a realização da chamada nominal dos parlamentares, foi verificado quorum para realização da sessão e foi feita a abertura oficial. A reunião deste dia 17 de março de 2014 teve início às 18h:30min e foi encerrada às 19h:45min, contando com um público presente de 32 pessoas.

Reunião da Câmara de Vereadores – 10/03/2014

câmaraApós a realização da chamada nominal dos parlamentares, foi verificado quorum para realização da sessão e foi feita a abertura oficial da sessão. A reunião deste dia 10 de março de 2014 teve início às 18h:30min e foi encerrada às 20h:20min, contando com um público presente de 11 pessoas.

Moradores da Rua Treze de Maio sofrem com rede de esgoto danificada

Rede de esgoto da Rua Treze de Maio encontra-se danificada há mais de 15 dias.

Rede de esgoto danificada na Rua Treze de Maio 

Há 15 dias os moradores da Rua Treze de Maio sofrem com os transtornos causados por uma rede de esgoto danificada. Além do cheiro insuportável a situação ainda acarreta outro sério problema de saúde pública, já que o conteúdo do esgoto vaza e escorre pela superfície da rua, colocando em risco a integridade física da população que fica exposta a toda sorte de doença que pode trazer a água contaminada. Houve, inclusive, um protesto feito pelos mais revoltados que “plantaram” uma bananeira no bueiro de onde brotava o fétido fluído.

Ventania em outros carnavais

Pode ser que esse artigo tome contornos de papo de ventaniense saudosista, mas, no fundo, é exatamente isso. O saudosismo de uma cidade que conheceu um carnaval com verdadeiras características de manifestação cultural de seu povo. Carnaval de Alpinópolis tem história. Interrompida, mas tem.

Pelos anos que marcavam, mais ou menos, a metade do século passado, os festejos carnavalescos eram realizados nas casas mais espaçosas de famílias alpinopolenses, onde nossa gente se divertia ao som de marchinhas e era entusiasmada pelo lança-perfume (permitido pela legislação da época). Nos anos 70, a folia tinha palco na União Recreativa e Comercial de Alpinópolis – URCA, local onde hoje é ocupado pelo prédio do Spasso Fest, na Praça Osvaldo Américo dos Reis. Logo, Alpinópolis entrou em um período que duraria 11 anos, o qual pode ser chamado de “a era de ouro do carnaval alpinopolense”. Foi quando tivemos o privilégio de ver o surgimento e evolução de nossas escolas de samba.carnaval_86_VQQ