A FM agora é Ventania

fm ventania

Há 96 anos nascia no Brasil o advento que transmitia a voz e música através de ondas que pairavam no ar. Por mais mágico que fosse o questionamento não girava em torno do ‘ilusionismo’ causado pela voz que era transmitida através de um aparelho que funcionava à pilha e futuramente à energia elétrica. O questionamento era: ele serve para quê?A dúvida logo foi cessada já que as notícias que antes andavam ao passo de cavalos e trens a vapor começou adentrar nas casas brasileiras através das personalidades do rádio. Logo em seguida, as radionovelas vieram para abrilhantar as noites brasileiras, trazendo não só magia, mas sim imaginação. Bandas completas se reunião nas estações de rádios para que brasileiros se deleitassem com a sinfonia de suas notas e a cacofonia de seus instrumentos.  A partir das narrativas e recursos sonoros cidadãos ricos e pobres, sem distinção de cor, credo e classe social, podiam, mesmo sem ter rádio em casa, ouvir ‘através das paredes’ e criar em sua imaginação os passos e gestos de seus radio-atores favoritos.

A princípio os rádios só podiam ser usados por militares, porém logo a lei foi revogada e a primeira transmissão radiofônica civil foi feita em 6 de abril de 1919.

Desde então, quando se entra em uma loja, espera a consulta do dentista ou mesmo faz-se compras no supermercado é comum ouvir uma voz ao fundo anunciando notícias regionais, propagando o comércio e listando as músicas mais tocadas. A função do rádio é justamente essa, levar o entretenimento e informação onde quer que você esteja.

FM Ventania

Há 16 anos a Associação Comunitária Alpinopolense de Radiodifusão, fundada por Margarida Maria Alacoque, conseguiu junto ao Ministério das Comunicações uma outorga pra operar uma rádio comunitária em Alpinópolis, que nasceu com o nome de Cooprol FM. Era essa rádio que permitia à população acompanhar os acontecimentos da cidade e também ouvir uma programação com características locais. Desde janeiro deste ano a presidência da associação mantenedora da rádio foi assumida pelo empresário Leonaldo Cândido da Silveira, o Léo do Posto, que aceitou o compromisso de zelar deste que é o veículo de comunicação em atividade mais antigo da cidade. A direção de programação ficou por conta de Claudinei Andrade e a direção administrativa a cargo de Natália Lima.

Com nova roupagem em sua nova fase, a rádio comunitária FM Ventania entrou oficialmente no ar em janeiro, operando  na  mesma freqüência de 87,9 MHz, trazendo para o município de Alpinópolis uma grade de programação diferenciada, objetiva e eclética, que agrada a todos os gostos.

Programação

Mesmo sob as inovações, a rádio manteve a essência e a maioria dos locutores segue levando a programação que o povo gosta de ouvir:

“Manhã Sertaneja”, com Jota Neto; “Mensagem da Cruz”, a cargo da Igreja Presbiteriana; “Impacto”, sob a locução de Claudinei Andrade; “És Água Viva”, Igreja católica; o informativo “FM Notícias”, com Cláudio Kraüss; “Garagem Mix” , apresentado por Juninho Capooni; “Joias Sertanejas”, sob a locução de Jaqueline Rocha; “Momentos com Deus”,  a cargo da Igreja Quadrangular e “A Noite é Nossa”, com Matheus Carneiro. Exclusivamente aos domingos permanece o tradicional programa “Tele-Domingo”, apresentado por Fátima Brasileiro. As locuções têm início às 05:00 da manhã e encerram-se às 23:00 horas, mas a música permanece no ar por 24 horas.

Dizem que alguns hábitos são difíceis de morrer. Então, fazendo jus ao ditado, prestigie e colabore com este meio de comunicação que há tanto tempo leva alegria para dentro da sua casa!

Thaisa Amaral

Leave a Reply