Tag Archives: Ministério Público

Ex-prefeito de Alpinópolis pode ser investigado pelo Ministério Público

Ex-prefeito Júlio Batatinha deverá se investigado por supostas irregularidades

Quatro vereadores de Alpinópolis entraram com pedido para instauração de inquéritos civil e criminal contra o ex-prefeito Júlio Cesar Bueno Silva, o Júlio Batatinha, em decorrência da revisão das diárias de viagem utilizadas por ele durante sua gestão. O requerimento listando as datas, valores e locais foi enviado para que o Ministério Público do Estado de Minas Gerais apure e decida se acata ou não. Total dos gastos ultrapassou R$ 20 mil.

Ex-prefeito de Alpinópolis é denunciado ao Ministério Público

fórum

Em face de uma suposta irregularidade na aplicação de recursos oriundos de alienação de bens públicos, cometida pelo ex-prefeito Júlio Cesar Bueno da Silva, o Júlio Batatinha (PTB), os vereadores do bloco de oposição protocolaram uma representação, junto ao Ministério Público em Alpinópolis, solicitando sua condenação por improbidade administrativa e crime de responsabilidade, inclusive, com a devolução da verba utilizada indevidamente, aos cofres municipais. A demanda foi encaminhada à promotora Larissa Brisola Brito Prado a quem caberá a instauração, ou não, dos procedimentos administrativos pertinentes.

Ministério Público restringe uso de foguetes em Alpinópolis

Promotora de Justiça Larissa Prado

Promotora de Justiça Larissa Prado

Em função do abuso na soltura de fogos de artifício em Alpinópolis neste período pós-eleitoral, o Ministério Público Estadual emitiu uma recomendação restritiva para o uso desse tipo de material no município. A medida atende a diversas reclamações, formais e informais, realizadas por cidadãos por meio de representações, boletins de ocorrência e protestos através das redes sociais, denunciando a prática. De acordo com as queixas os foguetes vêm sendo queimados de forma insistente, inclusive durante a madrugada, o que acaba por prejudicar a população, principalmente crianças, idosos, enfermos e até mesmo animais.

Ministério Público recomenda alteração no edital do concurso da Prefeitura de Alpinópolis

 

prefeitura_alpinopolisO promotor de Justiça Rodrigo Storino acionou a Prefeitura de Alpinópolis e recomendou  que o Edital de Concurso Público n° 01/2015, lançado pela administração municipal, sofresse algumas alterações de caráter preventivo. Em função da admoestação da promotoria o prefeito Júlio César Bueno da Silva, o Júlio Batatinha (PTB), determinou que fossem feitas as devidas modificações nas exigências para o preenchimento do cargo de Contador.

Ministério Público pede afastamento de Douglas Tintas

Douglas TintasO promotor de Justiça da Comarca de Alpinópolis, Dr. Rodrigo Storino, ofereceu denuncia e está movendo uma ação por improbidade administrativa contra o presidente da Câmara dos Vereadores de Alpinópolis, Douglas Brasileiro Freire, o Douglas Tintas (PP), por uso indevido do veículo VW Jetta pertencente ao Poder Legislativo. O inquérito civil teve início com a prisão em flagrante do vereador, surpreendido na cidade de Passos dirigindo embriagado o veículo oficial, no último dia 26 de junho. Esta ação do Ministério Publico do Estado de Minas Gerais (processo nº 0021350-28.2015.8.13.0019) pede a perda do cargo e o afastamento do parlamentar das atividades da Casa Legislativa.

Ministério Público realizará correição em Alpinópolis

 

forumO calendário Diário Oficial da União, publicado em 24 de março de 2015, traz a informação de que o Ministério Público de Minas Gerais realizará, neste mês de maio, Correição Ordinária nos serviços relacionados ao MP em Alpinópolis. O procedimento acontecerá no prédio do Fórum local, neste dia 14 de maio no período da tarde, e é aberto a qualquer interessado.

Tribunal de Contas analisa contas de Julio Batatinha

julioO Tribunal de Contas de Minas Gerais (TCE-MG) encaminhou à Câmara de Alpinópolis parecer prévio a respeito do Processo 912.911, documento relativo às contas do prefeito Julio Cesar Bueno da Silva, o Julio Batatinha (PTB), no ano fiscal de 2013. No despacho o órgão recomenda a aprovação as contas, todavia o Ministério Público manifestou-se no sentido de emitir-se essa aprovação, porém com ressalva. O texto será avaliado pela Câmara Municipal de Alpinópolis e, posteriormente, voltará à Corte de Contas para análise final.

Morte de adolescente de 15 anos será investigada pelo Ministério Público

A mãe exibe radiografia tirada dos pulmões de Milena. (foto: reprodução EPTV)

A mãe exibe radiografia dos pulmões de Milena.
(foto: reprodução EPTV)

A família da adolescente Milena Aparecida Magalhães de 15 anos que faleceu na semana passada, vítima de pneumonia, na Santa Casa de Misericórdia de Alpinópolis, decidiu apresentar denúncia contra o médico que a atendeu ao Ministério Público.

De acordo com o relatado pelos parentes, o médico teria liberado Milena na terça-feira 29 de outubro após proceder à análise de uma radiografia feita dos pulmões da jovem. Como não cessaram os sintomas, a menina voltou ao hospital no dia seguinte, mas o quadro já havia se agravado e nada mais pôde ser feito. O atestado de óbito da vítima confirma a causa do falecimento como “MORTE SÚBITA, PNEUMONIA”.

Vereadora denuncia funcionamento precário de escola rural em Alpinópolis

Uma escola da zona rural de Alpinópolis estaria funcionando de maneira precária. Esse foi o teor da denúncia apresentada ao Ministério Público pela vereadora Jaqueline Cândida Rocha, a Jaqueline da Rádio (DEM), depois de fazer uma visita ao local e constatar uma série de irregularidades. Trata-se da escola municipal Francisco Leite, localizada no bairro rural Sapé, que atende 44 crianças e, segundo a vereadora, não oferece condições apropriadas aos alunos, professores e funcionários que frequentam o local diariamente. De acordo com a parlamentar existem vários problemas sérios na escola como a ausência de infraestrutura adequada para funcionamento, falta de água potável e racionamento irregular de merenda escolar.

Pátio de terra batida da Escola Municipal Francisco Leite

Pátio de terra batida da Escola Municipal Francisco Leite

ASSASSINATO GERA PROTESTO EM ALPINÓPOLIS

O assassinato do comerciante João Batista de Carvalho, o Batista do Bar, de 60 anos, ocorrido na noite de quarta-feira (17) parece ter sido a gota d’água para que o povo alpinopolense se revoltasse e fosse às ruas cobrar providências das autoridades sobre o problema da violência que vem castigando a cidade há algum tempo.

Cerca de 300 pessoas participaram do protesto

O protesto foi pacífico e reuniu cerca de 300 cidadãos em frente ao prédio do fórum municipal na tarde desta quinta-feira (18). Criticando a ausência do prefeito Julio César Bueno da Silva, o Julio Batatinha (PTB), os manifestantes em seguida desceram em cortejo para o prédio da prefeitura municipal passando pela Avenida Governador Valadares e Praça Osvaldo Américo dos Reis.