Surto de dermatite em Alpinópolis e São José da Barra

Nas cidades de Alpinópolis e São José da barra mais de 200 pessoas estariam apresentando manifestação de uma enfermidade denominada dermatite, termo do linguajar médico geralmente utilizado para designar qualquer inflamação ou inchaço da pele. Conforme declarado por órgãos de saúde dos municípios onde o problema foi identificado, pessoas apresentando sintomas como vermelhidão, irritação e coceira na pele, procuram as unidades de saúde municipais há cerca de um mês, havendo o problema se intensificado nestes primeiros dias de 2014. De acordo com o médico Dr. Faria, que atende no pronto-socorro da Santa Casa de Misericórdia de Alpinópolis, apenas nos últimos 15 dias mais de 50 pacientes com esses sintomas buscaram atendimento no hospital.

Vermelhidão e irritação na pele são alguns dos sintomas da dermatite.

Vermelhidão, coceira e irritação na pele são alguns dos sintomas da dermatite.

Há especulação por parte de moradores que acreditam ser o surto resultado de aplicações de produtos utilizados na pulverização aérea de lavouras de cana-de-açúcar em fazendas da região, porém não há nenhuma informação oficial sobre o assunto. O caso está sendo investigado pelos setores municipais competentes.




SOBRE OS COMENTÁRIOS

Este é um espaço de diálogo e troca de conhecimentos que estimula a diversidade e a pluralidade de ideias e de pontos de vista. Não serão publicados comentários com xingamentos e ofensas ou que incitem a intolerância ou o crime.

Os comentários devem ser pertinentes ao tema da matéria e aos debates que naturalmente surgirem. Mensagens que não atendam a essas normas serão deletadas - e os comentaristas que habitualmente as transgredirem poderão ter interrompido seu acesso a este fórum.



Importante: Os editores não farão aviso prévio em relação a exclusão ou não aprovação de comentários.

 

3 Responses to Surto de dermatite em Alpinópolis e São José da Barra

  1. Eu tive duas vezes esse problema, fui atendido pela dra. Adriana e dr. faromei varias injeções, e já gastei mais 600,00, ainda não me curei, quem são os responsaveis, devemos entrar com uma ação denizatoria contra os reesponsáveis..

  2. breno disse:

    verdade, os responsáveis precisam ser identificados e as providências tomadas

  3. Duty Faria disse:

    Estou com o problema também desde o início de janeiro e ainda não estou curada.
    Ainda estou em uso de medicamentos e de vez em quando brota em outro lugar. Espero que os responsáveis seja identificados e sejam tomadas as providências necessárias.