Seis são detidos em Alpinópolis suspeitos de participação em roubo de café

operação_ouro_verde_alpinópolis1

Seis pessoas foram detidas pela Polícia Civil na manhã dessa quarta-feira (16), em Alpinópolis, em mais uma fase da Operação Ouro Verde, considerada uma das maiores ações policiais contra o furto de café em Minas Gerais. Foram recuperadas 138 sacas do produto e apreendidos outros dois veículos utilizados nas fraudes aplicadas em produtores rurais da região.

Conforme declarou o delegado Luciano Teobaldo, coordenador da operação na cidade, parte da quadrilha vivia em um barracão improvisado no bairro Vila Betânia. Segundo ele, até o momento foram recuperadas, ao todo, mais de 350 sacas de café que representam um prejuízo de aproximadamente R$ 140 mil a cerca de 15 vítimas, residentes nos municípios de Alpinópolis e Carmo do Rio Claro.

Somente em Alpinópolis foram apreendidos, além das sacas de café, cinco caminhões acoplados a equipamento de beneficiar os grãos, nos quais havia um dispositivo que permitia levar a cabo a fraude, desviando cerca de 10% do produto já limpo para um compartimento secreto. Além do dinheiro que os bandidos ganhavam pelo furto do café, estes ainda recebiam dos produtores rurais cerca de R$ 700 por dia referente ao aluguel das máquinas. O esquema fraudulento vinha funcionando, há pelo menos, três anos.

De acordo com a Polícia Civil, os seis homens detidos, naturais do estado do Espírito Santo, confessaram o furto. Todos foram ouvidos, porém não permaneceram presos, já que não foram pegos em situação de flagrante, uma vez que o desvio do café teria acontecido há mais de um mês. O delegado esclareceu ainda que o grupo, depois de um acordo feito por intermédio de seu advogado, resolveu se apresentar espontaneamente e todos acabaram por confessar os crimes, dando detalhes do envolvimento de cada um em particular. No entanto, conforme Luciano Teobaldo, eles poderão ser presos a partir do momento em que o juiz acatar o pedido de prisão preventiva.

O barracão usado pelo bando em Alpinópolis fica localizado no bairro Vila Betânia e, mesmo ficando alugado durante todo o ano, apenas era utilizado nos meses da safra. Neste local foram apreendidos caminhões, equipamentos, 87 sacas de café limpo e 51 em processo de escolha.

operação_ouro_verde_alpinópolis2

Na tarde da última terça-feira (15), três pessoas já haviam sido detidas no município de Alterosa, também suspeitas de fazerem parte da mesma quadrilha. Entre os presos, estava um homem de 52 anos, possivelmente, um dos cabeças do esquema.

Há menos de 15 dias outros equipamentos e veículos, além de cerca de 100 sacas de café, já haviam sido apreendidos em Alpinópolis em um barracão situado no loteamento Monte das Oliveiras e em um imóvel à beira da rodovia MG-184, a cerca de 1 km do trevo de Alpinópolis, sentido Carmo do Rio Claro, endereço onde funcionou durante muito tempo um bordel. Na ocasião apenas um homem foi preso.

Leave a Reply