Rapaz desaparecido em Alpinópolis retorna depois de 29 dias ausente

darlan silva vieiraO jovem Darlan Silva Vieira, de 24 anos, dado como desaparecido desde o dia 18 de dezembro do ano passado, voltou para casa no último sábado (16) depois de quase um mês ausente. Segundo a Polícia Militar o comunicado do desaparecimento do rapaz foi registrado em um Boletim de Ocorrências lavrado no dia 21 de dezembro de 2015.

O sumiço ganhou repercussão em Alpinópolis após a família publicar nas redes sociais um apelo pedindo notícias sobre o paradeiro de Darlan, divulgando inclusive fotos e informações que poderiam ajudar na identificação.

De acordo com relato de familiares a preocupação chegou a diminuir no momento em que o jovem, depois de cerca de dez dias, passou a enviar mensagens eletrônicas à esposa, porém sem dar detalhes sobre seu estado e nem revelar o local onde estava.

O imbróglio se resolveu neste último final de semana quando a esposa, Andreia Reiz, de 27 anos, compareceu ao quartel da Polícia Militar de Alpinópolis e comunicou que o marido havia retornado ileso para casa e que, durante o período do suposto desaparecimento, se encontrava na cidade de Montes Claros, no Norte de Minas. A mulher ainda esclareceu que a ausência, voluntária e sem comunicação prévia, teria sido motivada por discussões familiares.

Informações fornecidas por membros da família ainda dão ciência de que Darlan retornou com a saúde comprometida, apresentando sintomas de haver contraído Dengue. O rapaz já estaria em tratamento, porém nenhuma confirmação ou detalhamento sobre o quadro clínico foi disponibilizado.

Darlan é funcionário público municipal e atua como agente de zoonoses da Vigilância Epidemiológica da Prefeitura de Alpinópolis. Depois de quase um mês ausente a situação laboral do servidor ainda não foi oficialmente comunicada pela administração.




SOBRE OS COMENTÁRIOS

Este é um espaço de diálogo e troca de conhecimentos que estimula a diversidade e a pluralidade de ideias e de pontos de vista. Não serão publicados comentários com xingamentos e ofensas ou que incitem a intolerância ou o crime.

Os comentários devem ser pertinentes ao tema da matéria e aos debates que naturalmente surgirem. Mensagens que não atendam a essas normas serão deletadas - e os comentaristas que habitualmente as transgredirem poderão ter interrompido seu acesso a este fórum.



Importante: Os editores não farão aviso prévio em relação a exclusão ou não aprovação de comentários.