Quatro são presos por tráfico em Alpinópolis

tráfico_alpinópolis

Uma ação conjunta do setor de inteligência da 22ª Delegacia de Polícia Civil com os militares do 3º Pelotão da PM, resultou na prisão de quatro elementos suspeitos de tráfico em Alpinópolis, sendo um deles, inclusive, considerado um dos principais comercializadores de entorpecentes do município. A operação foi realizada na noite dessa quarta-feira (24) e foram apreendidos 68 tabletes de maconha e 39 sachês de cocaína.

Os policiais foram informados, ainda durante a manhã, de que os autores se preparavam para buscar uma grande quantidade de drogas de um fornecedor atuante na cidade e guarda-las na propriedade rural do pai de um dos envolvidos, sem a ciência deste, localizada no bairro rural da Prata. As informações também davam conta das características do veículo que seria utilizado pelos indivíduos, sendo um VW Gol pertencente a outra pessoa que também não tinha conhecimento do crime.

Diante das circunstâncias, foi organizada a operação e os policiais civis e militares montaram campana nas imediações da estrada rural que dava acesso ao local onde seria efetuado o negócio ilegal. Por volta das 23h:30min o veículo em questão foi avistado e, após ordem de parada, os ocupantes desobedeceram e fugiram, sendo seguidos de perto pelas viaturas. Durante a fuga os suspeitos tentaram se desfazer de uma sacola plástica atirando-a pela janela do carro, a qual veio a cair no meio de um matagal existente nas proximidades da via.

Logo adiante os policiais conseguiram abordar os indivíduos e, no decorrer da busca pessoal, foram encontradas com o condutor duas porções de maconha. Com os demais nada foi achado. Porém, ao vasculhar os arredores, a sacola plástica anteriormente dispensada foi localizada, sendo que dentro dela havia 68 tabletes grandes de maconha e 39 sachês de cocaína.

Questionados sobre a propriedade da referida droga, nenhum dos suspeitos assumiu ser o dono.  Somente o condutor do veículo admitiu ser sua a maconha encontrada em seu bolso, afirmando que a mesma seria para consumo próprio.

Em razão do exposto, a droga foi apreendida e os quatro envolvidos presos em flagrante, enquadrados nos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.