Quase um terço dos imóveis de Alpinópolis não possui numeração, segundo IBGE

O município de Alpinópolis contabiliza um total de 10.386 endereços registrados, de acordo com os dados do Censo 2022, divulgados recentemente pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Apesar do número significativo de endereços, um problema persiste: 2.839 desses imóveis não possuem numeração, o que representa 27,33% do total de endereços na cidade.

Essas informações são parte do Cadastro Nacional de Endereços para Fins Estatísticos (CNEFE), considerado o principal repositório de logradouros com abrangência nacional e acesso público. O cenário de Alpinópolis reflete um desafio maior enfrentado pela região, onde as 27 cidades juntas possuem cerca de 275 mil endereços, dos quais 62,1 mil (22,59%) não têm numeração.

Em termos regionais, Alpinópolis está em uma posição intermediária. Cidades como Passos lideram tanto em número total de endereços (61.455) quanto em quantidade de imóveis sem numeração (5.914). Outros municípios com altos números de endereços desprovidos de numeração incluem Carmo do Rio Claro (5.100), Nova Resende (4.988) e Guapé (4.160).

Passos, além de ser a cidade com mais endereços totais, também lidera a lista das cidades com maior quantidade de endereços sem numeração, seguidos por Carmo do Rio Claro, Nova Resende e Guapé. Já municípios como São Sebastião do Paraíso e Piumhi possuem, respectivamente, 4.005 e 2.605 domicílios sem número, enquanto Claraval apresenta 3.084 endereços sem numeração.

Os menores números de endereços registrados na região são observados em Doresópolis (991), Vargem Bonita (1.671), Fortaleza de Minas (2.604) e Bom Jesus da Penha (2.757), destacando a disparidade no desenvolvimento urbano entre as cidades da região.

Leave a Reply