Produtor de Alpinópolis é premiado por produzir um dos melhores cafés do Brasil

Alpinópolis está entre os municípios premiados pelo cultivo de um dos melhores cafés arábica da safra 2017/2018 em todo o território nacional. O produtor alpinopolense Ludgero Pimenta de Ávila, engenheiro civil radicado em Belo Horizonte, foi um dos agraciados, levando a segunda colocação do Sul de Minas, na 27ª edição do “Prêmio Ernesto Illy de Qualidade Sustentável do Café para Espresso”.

Desde 1991, esta premiação é a mais relevante iniciativa de valorização da cafeicultura brasileira e contempla produtores que seguem um rigoroso critério de avaliação. Na região, o primeiro lugar ficou com Maria D’Aparecida Vilela Brito, da Fazenda Moendas, localizada no município de Carmo da Cachoeira.

Ludgero, cooperado da Cooxupé, representou a Fazenda Lagoa – administrada por ele e os irmãos João, Joaquim, Stela e Regina Pimenta – tradicional propriedade familiar situada no bairro rural do Sapé, em Alpinópolis. O cafezal é caprichosamente cuidado, há cerca de 30 anos, pelo senhor Jaime Reis e filhos, já que os donos não residem no município.

A cerimônia de premiação foi realizada na última quinta-feira (12), em São Paulo, capital. Na ocasião, subiu ao palco acompanhando o irmão e sócio Ludgero para receber os diplomas, o pediatra João Pimenta, também natural de Alpinópolis e igualmente residente em Belo Horizonte.

Os irmãos Ludgero e João Pimenta durante a premiação

Durante a entrega dos prêmios, que aconteceu dois dias antes da data em que se comemora o Dia Internacional do Café, 14 de abril, Andrea Illy e Massimiliano Pogliani, presidente e CEO da illycaffè, falaram sobre o atual momento e o futuro da cafeicultura, reforçando o conceito de qualidade sustentável, pilar da empresa e amplamente trabalhado por ela junto a seus fornecedores. A torrefadora italiana reconheceu, ainda, os vencedores nas categorias Regional, Fornecedor Sustentável do Ano e Classificador do Ano. Foram entregues, ao todo, mais de R$ 120 mil em prêmios.

Realizado anualmente desde 1991, o Prêmio Ernesto Illy é a mais relevante iniciativa de valorização da cafeicultura brasileira. Instituído pela illycaffè como ação fundamental dentro do plano de desenvolvimento da qualidade e sustentabilidade do café no país, o concurso já reconheceu mais de 1.400 cafeicultores ao longo dos anos.

A illycaffè é uma empresa familiar italiana, fundada em Trieste em 1933, comprometida em oferecer o melhor café do mundo. É a marca de café mais global, produzindo um único blend de café espresso 100% arábica, com grãos provenientes de 9 países fornecedores, sendo o Brasil o principal. São consumidas mais de 7 milhões de xícaras de café illy por dia, em cafeterias, restaurantes, hotéis, escritórios e residências de mais de 140 países.

Deixe uma resposta