Prefeitura decreta estado de emergência em Alpinópolis por conta do coronavírus

O Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus, instituído pela Prefeitura de Alpinópolis nesta última quarta-feira (18), se reuniu na manhã desta sexta-feira (20) e, após deliberação, enviou relatório ao prefeito José Gabriel dos Santos Filho, o Zé da Loja (PSD) comunicando a situação dentro dos limites municipais. Dessa forma, o prefeito resolveu decretar estado de emergência em saúde no município, uma vez que a pandemia registra suspeita de contaminação em cidades que fazem divisa com Alpinópolis.

Existem, até o momento, 25 casos suspeitos da doença em Passos, um em Carmo do Rio Claro e um em Nova Resende. Isso sem contar os outros municípios que, apesar de não serem limítrofes, estão próximos, como São Sebastião do Paraíso, Guaxupé, Boa Esperança e Monte Santo de Minas.

Na reunião realizada na manhã desta sexta-feira, o comitê analisou a evolução do quadro epidemiológico do vírus na região e, visando adotar e fixar medidas de saúde pública necessárias para prevenção e controle do contágio e tratamento de pessoas infectadas, produziu relatório que culminou na decisão do prefeito em emitir o Decreto 3.896/2020.

De acordo com o documento, que passa a valer a partir de hoje, a situação é considerada grave e os próximos dias serão decisivos para o controle do vírus. A recomendação é para que a população fique em casa.

A prefeitura fechará todos seus departamentos (com exceção dos PSF´s e a farmácia municipal) e os servidores ficarão em isolamento em suas residências. As aulas na rede pública municipal estão suspensas por tempo indeterminado, com recomendação para que o mesmo seja adotado pelas escolas particulares.

Como a ordem é isolamento o decreto prevê que estão proibidas as aglomerações na cidade, seja em estabelecimentos particulares ou mesmo ao ar livre. Caso a determinação não seja respeitada, as empresas infratoras poderão ter suas licenças de funcionamento cassadas. O poder público ressalta que haverá fiscalização nesse sentido.

O Departamento de Saúde de Alpinópolis alega que a rede municipal está preparada para quaisquer casos suspeitos que ocorram. Outra orientação do documento diz respeito à questão das pessoas que venham de outras cidades, onde já existe registro de contaminação, para que se isolem.

O decreto também prevê, porém apenas em forma de recomendação, que alguns estabelecimentos comerciais suspendam suas atividades. Essa recomendação é dirigida a academias e clubes; salões de beleza, barbearias e clínicas de estética; igrejas e templos de qualquer natureza; aulas de moto ou autoescola; buffet e festas; comércio; bares, restaurantes, lanchonetes e trailers; viagens particulares. Diz ainda que supermercados, padarias e drogarias deverão restringir e controlar a entrada dos consumidores, para evitar aglomeração, e que forneçam álcool em gel para higienização. Recomenda, igualmente, a contenção social, que consiste na permanência do indivíduo em sua residência evitando, inclusive, encontros familiares.

Confira o teor completo do decreto clicando no link abaixo:

Decreto 3896-2020 – Prefeitura de Alpinópolis

Leave a Reply