População de Alpinópolis pagou mais de R$ 5,3 milhões em impostos municipais

 

O valor pago pela população alpinopolense, somente em tributos cobrados pela Prefeitura Municipal, superou os R$ 5,3 milhões no decorrer do ano de 2018. Os dados são do Impostômetro, ferramenta mantida pela Associação Comercial de São Paulo (ACSP), que faz o cálculo diário da arrecadação tributária de municípios de todo o Brasil. Os números são referentes ao período compreendido entre 1º de janeiro e 31 de dezembro do ano passado.

A arrecadação na esfera municipal variou pouco – foi cerca de 0,8% maior – nos dois últimos anos analisados. Em 2017 o montante chegou a R$ 5.268.010,91 e subiu para R$ 5.311.200,50 em 2018.

De acordo com a legislação vigente, os municípios estão autorizados a cobrar dos contribuintes apenas três tributos: o Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU), o Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS) e o Imposto sobre Transmissão de Bens Inter Vivos (ITBI), este último incidindo sobre a mudança de propriedade de imóveis.

Segundo o Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário, o Impostômetro é um mecanismo que computa os tributos federais, estaduais e municipais e é atualizado em tempo real. Os números da arrecadação da Prefeitura de Alpinópolis, por exemplo, foram obtidos com base nos dados da Secretaria do Tesouro Nacional (STN), disponibilizados pela Fazenda Municipal em atenção ao cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

Considerando a projeção populacional do IBGE para Alpinópolis, que aponta 19.745 habitantes atualmente, conclui-se que cada cidadão pagou, em média, R$ 269 somente em tributos cobrados pela administração local em 2018.

Deixe uma resposta