População de Alpinópolis cresce 4,88% e chega a 19.391 habitantes

Um estudo denominado Projeção da População dos Municípios do Brasil realizado pelo IBGE para o ano de 2013, aponta que Alpinópolis teve um aumento médio de 4,88% no seu número de habitantes em relação ao Censo 2010. Segundo os estudos do órgão a cidade, que tinha uma população estimada em 18.488 habitantes em 2010, registrou um aumento de 903 pessoas nestes últimos três anos e agora conta com 19.391 residentes.

Alpinópolis conta atualmente com 19.391 habitantes (IBGE).

Alpinópolis conta atualmente com 19.391 habitantes (IBGE).

As cidades mais próximas a Alpinópolis sofreram, em média, um aumento de 5% em relação ao último censo.

CIDADE

2010

2013

VARIAÇÃO

Alpinópolis

18.488

19.391

4,88%

Bom Jesus da Penha

3.887

4.091

5,24%

Carmo do Rio Claro

20.426

21.206

3,81%

Nova Resende

15.374

16.191

5,31%

Passos

106.290

111.651

5,04%

São José da Barra

6.778

7.155

5,56%

PARA QUE SERVE

Esses dados, que foram disponibilizados pelo IBGE nesta quinta-feira (29), são fundamentais para que, em períodos intercensitários, sejam realizadas avaliações confiáveis de indicadores econômicos, sociais e demográficos. Os números servem ainda como critério para que sejam calculados os repasses do Fundo de Participação dos Municípios – FPM às prefeituras. No caso de Alpinópolis o FPM é a maior fonte de receita da administração municipal e, com essa variação de crescimento populacional, não houve alteração nos percentuais do repasse.

Homens seguem sendo maioria da população alpinopolense

Homens seguem sendo maioria da população alpinopolense

OUTROS DADOS

No final do mês de julho foi publicado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento – Pnud, o Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil 2013. Trata-se de uma plataforma de consulta ao Índice de Desenvolvimento Humano Municipal – IDHM – de 5.565 municípios brasileiros, e a mais de 180 indicadores de população, educação, habitação, saúde, trabalho, renda e vulnerabilidade, com dados extraídos dos Censos Demográficos de 1991, 2000 e 2010. Veja alguns dados importantes sobre Alpinópolis:

IDH – O Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) de Alpinópolis alcançou 0,725, em 2010. O município está situado na faixa de Desenvolvimento Humano Alto (IDHM entre 0,700 e 0,799). Entre 2000 e 2010, a dimensão que mais cresceu em termos absolutos foi Educação (com crescimento de 0,152), seguida por Longevidade e por Renda. Entre 1991 e 2000, a dimensão que mais cresceu em termos absolutos foi Educação (com crescimento de 0,291), seguida por Longevidade e por Renda.

RENDA – A renda per capita média de Alpinópolis cresceu 94,67% nas últimas duas décadas, passando de R$325,63 em 1991 para R$472,48 em 2000 e R$633,91 em 2010. A taxa média anual de crescimento foi de 45,10% no primeiro período e 34,17% no segundo. A extrema pobreza (medida pela proporção de pessoas com renda domiciliar per capita inferior a R$ 70,00, em reais de agosto de 2010) passou de 9,00% em 1991 para 2,74% em 2000 e para 1,31% em 2010. A desigualdade diminuiu: o Índice de Gini passou de 0,56 em 1991 para 0,48 em 2000 e para 0,47 em 2010.

TRABALHO – Entre 2000 e 2010, a taxa de atividade da população de 18 anos ou mais (ou seja, o percentual dessa população que era economicamente ativa) passou de 64,07% em 2000 para 66,19% em 2010. Ao mesmo tempo, sua taxa de desocupação (ou seja, o percentual da população economicamente ativa que estava desocupada) passou de 4,53% em 2000 para 4,53% em 2010. Das pessoas ocupadas na faixa etária de 18 anos ou mais, 29,99% trabalhavam no setor agropecuário, 5,62% na indústria extrativa, 6,85% na indústria de transformação, 6,98% no setor de construção, 1,46% nos setores de utilidade pública, 14,90% no comércio e 30,86% no setor de serviços.

TRABALHO PNUD

Deixe uma resposta