Polícia Civil descobre desmanche ilegal em Alpinópolis

desmanche_03

A Polícia Civil descobriu, na tarde desta quarta-feira (09), um desmanche clandestino que funcionava no pátio credenciado do Detran/MG em Alpinópolis. Após denuncia anônima uma equipe policial liderada pelo delegado Luciano Teobaldo esteve no local e encontrou vários veículos adquiridos, supostamente, de forma ilegal. Dois homens foram presos e um menor apreendido.

As denúncias davam conta de que em dois estabelecimentos, pertencentes aos mesmos donos, havia veículos roubados sendo desmanchados, adulterados e guardados ilegalmente. A diligência teve início no pátio situado na Avenida Aureliano Chaves, nas proximidades do trevo de acesso à cidade, onde a polícia, a priori, não encontrou nenhuma irregularidade. Enquanto o grupo vistoriava este primeiro local um dos investigadores se deslocou até o outro pátio, que fica às margens da rodovia, onde puderam ser identificados um GM Classic preto, um GM Corsa prata e  uma caminhonete D20 branca, todos suspeitos.

Após o restante da equipe chegar ao local, foi iniciada uma vistoria nos veículos e pôde ser constatado que os mesmos eram, de fato, produto de roubo.  Diante da presença dos policiais um dos suspeitos acabou fugindo pelos fundos. O adolescente foi levado para a delegacia onde, em companhia de sua genitora, prestou depoimento e foi liberado. Em seguida compareceu um dos responsáveis pelo pátio, sendo este um rapaz de 23 anos, que também foi ouvido e liberado.

O delegado determinou que, após a realização da perícia, os automóveis identificados fossem removidos daquele local e que o outro sócio do empreendimento, um homem de 48 anos, comparecesse urgentemente à delegacia. Foram iniciadas buscas com o objetivo de localizar, além de outros veículos irregulares, também o indivíduo que teria se evadido do pátio durante a diligência, este já devidamente identificado, sendo ele um homem de 34 anos.

Já no final da tarde desta quinta-feira (10) os dois procurados se apresentaram perante a autoridade policial na delegacia de Alpinópolis. Por força de um mandado de prisão temporária, emitido pelo juiz da Comarca, ambos foram presos e levados para a Cadeia Pública de Passos de onde serão transferidos para o presídio de Monte Santo de Minas.




SOBRE OS COMENTÁRIOS

Este é um espaço de diálogo e troca de conhecimentos que estimula a diversidade e a pluralidade de ideias e de pontos de vista. Não serão publicados comentários com xingamentos e ofensas ou que incitem a intolerância ou o crime.

Os comentários devem ser pertinentes ao tema da matéria e aos debates que naturalmente surgirem. Mensagens que não atendam a essas normas serão deletadas - e os comentaristas que habitualmente as transgredirem poderão ter interrompido seu acesso a este fórum.



Importante: Os editores não farão aviso prévio em relação a exclusão ou não aprovação de comentários.