PM apreende menor suspeito de furtar bateria em Alpinópolis

Na tarde desta segunda-feira (25) compareceu ao quartel do 3º Pelotão da PM em Alpinópolis o proprietário de uma empresa prestadora de serviços de internet relatando ter sido vítima de furto. Segundo ele, do local onde possui uma torre utilizada para a transmissão do sinal de internet, foi levada uma bateria estacionária. Um adolescente foi apreendido, suspeito de praticar o furto, e encaminhado à Policia Civil para providências.

A vítima esclareceu que uma pessoa não identificada esteve no bairro rural Mutuca, onde sua empresa mantem uma antena para prestação de serviços de internet, provavelmente durante o período noturno, e de lá subtraiu uma bateria estacionária, de 63 amperes. Esse tipo de bateria é projetado para oferecer quantidade constante de corrente por um longo período de tempo, por isso é utilizada em sistemas de telecomunicações, como é o caso em questão, mas também para energizar aparelhos de som automotivo mais sofisticados, devido a sua alta potência.

Após o registro do furto, os militares entraram em contato com os donos de alguns pontos comerciais, para os quais a referida bateria poderia ser vendida, com o intuito de localizar o equipamento, assim como identificar o autor do delito. Informações com foto e características da bateria também foram divulgadas pelas redes sociais, acompanhadas do pedido para que se denunciasse às autoridades, caso o objeto fosse visto.

Dessa forma, denúncias foram feitas à PM dando conta que um menor, de 17 anos, estaria circulando em um VW Gol, cor branca, levando uma bateria com as mesmas características da que havia sido subtraída. Os policiais, durante o rastreamento, por volta das 22h, conseguiram encontrar o adolescente em sua residência, situada no bairro Santa Efigênia. Questionado, o jovem acabou confessando o furto e devolvendo a bateria. Posteriormente, o objeto foi reconhecido pelo proprietário que apresentou, inclusive, um certificado de garantia, no qual constava o respectivo número de série.

O menor foi conduzido, em companhia de seu responsável, até a delegacia de Polícia Civil em Passos, onde a autoridade policial plantonista tomou as devidas providências.

Leave a Reply