Obra de troca do piso do Hospital de Alpinópolis é finalizada

edinho_denilson_enfermeirasRecentemente foi concluída uma reforma envolvendo a troca de parte do piso das dependências da Santa Casa de Misericórdia de Alpinópolis. A intervenção foi executada em mais de 1000 m² do prédio do hospital abrangendo os ambientes do Centro Cirúrgico, Ala de Internação, Enfermaria e Pronto-Socorro. A obra foi financiada com recursos federais disponibilizados por meio de emenda parlamentar do deputado Carlos Melles (DEM/MG) no valor de R$ 100 mil.

De acordo com Denilson Figueiredo, administrador do Hospital Cônego Ubirajara Cabral, a reforma se fazia necessária uma vez que o prédio foi objeto de modificações e ampliações que passaram a demandar uma adequação do piso. “Há algum tempo o hospital vem passando por intervenções o que praticamente exigiu que fosse trocada essa parte mais antiga do piso. A construção da nova ala, por exemplo, ocorrida em 2014, havia deixado uma diferença entre os materiais que compunham o conjunto do piso do prédio, mostrando uma aparente desarmonia. Essa obra trouxe, além da padronização, também a vantagem de se ter um material mais adequado para o ambiente hospitalar”.

Detalhe do piso vinílico aplicado no Centro Cirúrgico

Detalhe do novo piso vinílico aplicado no Centro Cirúrgico

Sebastião Sandre Angelo, provedor da Santa Casa, falou sobre a importância da destinação dessa natureza de recursos para a entidade, uma vez que esta não dispõe de verbas próprias e depende desse tipo de apoio para se adequar e ampliar o atendimento. “A Santa Casa de Alpinópolis é uma entidade filantrópica e se mantém com doações e repasses governamentais. Quando é necessária a execução de uma obra ou compra de equipamento, que exige um desembolso maior, o apoio vindo dos representantes políticos é fundamental, pois são eles que disponibilizam as verbas. Neste caso específico da troca do piso, por exemplo, a obra se tornaria inviável caso o deputado não destinasse a emenda para o hospital”, explicou o dirigente.

Os recursos que financiaram a obra são oriundos do Ministério da Saúde e atendem ao programa denominado “Reforma de Unidades de Atenção Especializada em Saúde”. A assinatura do convênio foi concretizada por intermédio de emenda parlamentar de Carlos Melles, que ressaltou a importância de prestar apoio para entidades como o Hospital Cônego Ubirajara Cabral. “Conheço bem o município de Alpinópolis e sei que, desde a década de 80, quando foi construído este hospital, é travada uma luta constante da comunidade para mantê-lo em boa situação. Em outras oportunidades já tive o prazer de ajudar a entidade destinando recursos para a compra de aparelhos, mas dessa vez, juntamente com minha base política na cidade, representada pelo ex-prefeito Edinho do Osvaldo, entendemos que nossa colaboração deveria ser no sentido de melhorar a infraestrutura, por isso destinei o recurso para a troca do piso”, disse o deputado.

As obras de troca do piso tiveram início em janeiro de2016

As obras de troca do piso tiveram início em janeiro de 2016

Edson Luiz Rezende Reis, o Edinho do Osvaldo (DEM), foi quem intercedeu junto ao parlamentar para a indicação da emenda. Ele destacou a atenção especial que sempre procurou dedicar ao setor de saúde do município e frisou a importância de investimentos na infraestrutura do hospital. “A construção do hospital já tem mais de 30 anos e, devido ao tempo de uso e às novas necessidades advindas com a modernização dos ambientes, a colocação de um piso mais adequado, que atendesse a essas demandas, acabou se tornando indispensável. Em minha atuação como prefeito tive a oportunidade de conhecer a estrutura e o funcionamento de unidades de atendimento em saúde, isso me permitiu identificar essa necessidade de promover a adequação do piso no prédio do hospital. Falei com o provedor, que na época era o Dunda, decidimos juntos e enviamos o pedido ao deputado Melles que atendeu prontamente nossa reivindicação”, observou o ex-prefeito.

A reforma promoveu a substituição do antigo piso por outro denominado piso vinílico ou piso de PVC. Este tipo de revestimento foi escolhido por representar uma opção moderna para ambientes hospitalares, uma vez que não arranha, é antiderrapante, fácil de higienizar e proporciona o mesmo conforto do piso quente. Foram aplicados mais de 1000 m², entre piso e rodapés, em variados setores da Santa Casa.