Menor é apreendido arremessando objetos para dentro da Cadeia de Alpinópolis

objetos_cadeia_alpinópolisUma nova tentativa de introduzir objetos ilegalmente na Cadeia Pública de Alpinópolis foi frustrada pela polícia na última semana. Um menor foi apreendido no quintal de uma residência vizinha ao presídio quando para lá arremessava uma série de materiais.

Uma ação conjunta entre a Polícia Civil e Polícia Militar flagrou um adolescente de 15 anos jogando para o interior da referida cadeia, drogas, celulares, serra, rolo fio de nylon (usado pra lançamento do material para o interior do estabelecimento prisional), chave de fenda e baterias e carregadores de celular. Durante a abordagem foi constatado que o menor recebia orientações por meio de ligações telefônicas de um dos detentos.

O ingresso ilegal de celulares e drogas, assim como outros objetos, no presídio local já se tornou um problema constante e, segundo os policiais e agentes penitenciários, tanto a estrutura  inadequada quanto a localização do prédio facilitam essas ações. Os objetos geralmente são arremessados ao pátio da instituição por comparsas livres que utilizam as dependências das propriedades vizinhas.

Uma das principais reivindicações da população, inclusive constante em um abaixo-assinado entregue recentemente às autoridades, é que a Cadeia Pública de Alpinópolis, que fica bem no Centro da cidade, seja removida para um lugar mais adequado.




SOBRE OS COMENTÁRIOS

Este é um espaço de diálogo e troca de conhecimentos que estimula a diversidade e a pluralidade de ideias e de pontos de vista. Não serão publicados comentários com xingamentos e ofensas ou que incitem a intolerância ou o crime.

Os comentários devem ser pertinentes ao tema da matéria e aos debates que naturalmente surgirem. Mensagens que não atendam a essas normas serão deletadas - e os comentaristas que habitualmente as transgredirem poderão ter interrompido seu acesso a este fórum.



Importante: Os editores não farão aviso prévio em relação a exclusão ou não aprovação de comentários.