Índices de saneamento melhoram em Alpinópolis e ficam acima da média regional

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou, na última semana, no âmbito do Censo Demográfico 2022, a categoria ‘Características dos Domicílios – Resultados do Universo’, que traz informações referentes à forma de abastecimento de água, destino do lixo, tipo de esgotamento sanitário, existência de banheiro ou sanitário e existência de canalização de água, permitindo uma caracterização de elementos importantes dos domicílios e das condições de vida da população brasileira.

De acordo com o levantamento, a cobertura no abastecimento de água aumentou 18,94 pontos percentuais em Alpinópolis, entre 2010 e 2022, sendo que o índice subiu de 80,93% para 99,87%. Na cobertura da rede esgoto, o crescimento na cidade foi de 7,47 pontos percentuais, subindo de 80,25% para 87,72% no período. Já na coleta de lixo, o aumento foi de 5,12 pontos, crescendo de 89,59% para 94,71%. O percentual de moradores com banheiro nas residências alpinopolenses subiu de 99,63% para 99,99%, com alta de 0,36 ponto.

Nos 27 municípios que compõem o Sudoeste de Minas, a cobertura no abastecimento de água aumentou 22,55 pontos percentuais; a de esgoto 9,43%; da coleta de lixo 5,99% e o índice de moradores com banheiro subiu 0,43%.

Nas quatro categorias sobre saneamento divulgadas pelo IBGE, a média mais alta na região é a do número de moradores com banheiro em casa, que chegou a 99,9% em 2022, seguida por abastecimento de água (99,58%), coleta de lixo (92,68%) e rede de esgoto (83,21%).

Leave a Reply