IBGE registra aumento de casamentos e diminuição de divórcios em Alpinópolis

casamentos_alpinópolis_civilPela primeira vez as estatísticas do registro civil divulgadas pelo IBGE investigaram o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Os números disponibilizados são relativos a 2013 e, neste ano em Alpinópolis, foram contabilizados 120 casamentos, dos quais apenas um deles aconteceu entre pessoas do mesmo sexo, sendo o matrimônio de duas mulheres. Em 2012 foram 115 casamentos o que mostra haver uma alta de 4,35% entre o último levantamento e o anterior realizado pelo instituto.  Na região Sudoeste de Minas foram registradas 2.034 uniões matrimoniais no mesmo período, sendo cinco delas entre cônjuges do mesmo sexo.

Os resultados apresentados nesta publicação refletem os registros de casamentos, informados pelos Cartórios de Registro Civil de Pessoas Naturais, bem como os registros de separações e divórcios declarados pelas Varas de Família, Foros ou Varas Cíveis e os Tabelionatos de Notas, os quais por força da Lei nº 11.441/2007 passaram a realizar escrituras de separações e de divórcios. Em Alpinópolis os serviços cartorários desta natureza são registrados exclusivamente pelo oficial João Lázaro Brasileiro do Carmo, em cartório localizado à Avenida Governador Valadares nº 478, no centro da cidade.

A aprovação da Resolução nº 175 do Conselho Nacional de Justiça foi o instrumento que possibilitou o levantamento das informações referentes entre casamentos de pessoas do mesmo sexo no território nacional. Em todo o país no ano de 2013 foram realizados 3.701 registros de casamentos entre cônjuges do mesmo sexo, dos quais 52% foram entre mulheres e 48% entre homens. Minas Gerais registrou 209 casamentos entre pessoas do mesmo sexo em 2013, sendo 100 entre homens e 109 entre mulheres. Na região foram realizadas cinco uniões entre pessoas do mesmo sexo sendo que, além de Alpinópolis, também aconteceram nas cidades de Cássia, Passos e São Sebastião do Paraíso.

Dados sobre separações e divórcios também foram levantados e mostram que Alpinópolis teve uma queda na taxa de divórcio, em 2013 foram 34 computados, sendo 35,8% menos do que 2012, que foi de 53. Houve somente uma separação judicial concedida em 1ª instância tendo a comarca alpinopolense como local de ação do processo. Na região o número de divórcios judiciais chegou a 469 em 2013 sendo 14,57% menos que o quantitativo registrado no ano anterior, que foi 549 divórcios.




SOBRE OS COMENTÁRIOS

Este é um espaço de diálogo e troca de conhecimentos que estimula a diversidade e a pluralidade de ideias e de pontos de vista. Não serão publicados comentários com xingamentos e ofensas ou que incitem a intolerância ou o crime.

Os comentários devem ser pertinentes ao tema da matéria e aos debates que naturalmente surgirem. Mensagens que não atendam a essas normas serão deletadas - e os comentaristas que habitualmente as transgredirem poderão ter interrompido seu acesso a este fórum.



Importante: Os editores não farão aviso prévio em relação a exclusão ou não aprovação de comentários.