Festa, com participação de alpinopolenses, é interditada pela PM de Carmo do Rio Claro

Na noite deste sábado (16) a Polícia Militar interditou uma festa, na zona rural de Carmo do Rio Claro, da qual participavam aproximadamente 40 jovens, a maioria de Alpinópolis. Os militares foram informados, por meio de uma denúncia anônima, que a aglomeração estava acontecendo em um rancho, situado a cerca de um quilômetro da cidade. No Carmo, assim como em Alpinópolis, há um decreto municipal restringindo esse tipo de reunião devido ao avanço da pandemia do novo coronavírus. Ninguém foi preso, porém o proprietário do rancho foi notificado e a festa foi encerrada.

Após o recebimento da denúncia, duas viaturas da PM se dirigiram ao local em companhia de uma equipe de fiscalização sanitária da prefeitura carmelitana. Segundo informações, pelo menos 40 jovens das cidades de Alpinópolis e de Carmo do Rio Claro estavam na festa. Os responsáveis pelo evento disseram que alugaram o rancho na sexta-feira (15) para comemorar o aniversário de um amigo.

Durante a abordagem, os participantes da festa, muitos dos quais estavam hospedados no local, afirmaram aos militares que não receberam nenhum tipo de orientação sobre o decreto do prefeito carmelitano, Felipe Carielo (PSD), que proíbe esse tipo de reunião nos limites do município. Os donos do rancho, no entanto, afirmam que o responsável pelo aluguel do imóvel foi devidamente avisado e assinou um contrato, no qual estava estabelecida a proibição de aglomerações.

“Por mensagens de aplicativo, o locatário enviou áudios afirmando que não haveria aglomerações. Portanto, o responsável pela festa estava ciente dos devidos cuidados a serem tomados. Estamos à disposição para mostrar o contrato e as conversas. Nós agradecemos a interversão da polícia e da fiscalização da prefeitura, pois zelamos por nossa família também”, afirmaram os proprietários.

De acordo com a PM, no momento da abordagem, ninguém usava máscara. O fiscal da prefeitura notificou os responsáveis pelo evento e declarou que as medidas cabíveis serão tomadas. A festa foi encerrada e o rancho precisou ser fechado.

Ao se inteirar do fato, o prefeito de Alpinópolis, Rafael Freire (PSB), lamentou o ocorrido e disse que é necessário que as pessoas compreendam que, nesse momento, é preciso unir forças para combater a pandemia e, assim, poder preservar a saúde e a economia.

“Nos entristece ver que algumas pessoas, principalmente os jovens, ainda não compreenderam a gravidade do momento que estamos vivendo. Aqui, em Alpinópolis, estamos fazendo o possível para equilibrar nossas ações, adotando medidas que preservam a vida e a economia. Os comerciantes têm colaborado bastante e é possível ver que as determinações previstas em nosso decreto estão sendo acatadas pela maioria. E de repente nos deparamos com uma notícia dessa. Depois, contra nossa vontade, quem irá pagar a conta é o comércio, que corre o risco de ser fechado, já que os números na cidade poderão aumentar”, desabafou o prefeito.

Informações e foto do Portal Onda Sul

Leave a Reply