EDITORIAL

Enquanto isso na Ventania…

Para decepção de alguns o Tribuna Alpina não é um veículo político partidarista. Até seria uma linha editorial muito lida e comentada. Nossa equipe observou recordes de visualizações, compartilhamentos via Facebook e comentários sobre as recentes notícias e matérias envolvendo eleições e suas repercussões na cidade.

A tentação de se manter a linha existe, pois o Ventaniense torna-se inflamado quando o assunto é política local. Defende com unhas e dentes seus pontos de vista e seus candidatos. É uma fórmula de sucesso e tanto para o nascente projeto que já mostrou grande repercussão local tratando o assunto.  Por que não será feito?

As bases e fundamentos em que se baseia a linha editorial do Tribuna Alpina se calcam em dois pilares de sustentação. Primeiro, o Ventaniense: pessoa aqui nascida ou que abraçou a cidade porque aqui tem família e origens, amigos ou conhecidos. Ou aquele que simplesmente gosta do lugar, percebe suas belezas espalhadas por toda cidade e arredores  ou acha a vista da Serra da Ventania impressionante de todos os ângulos, principalmente a do centro da cidade, em volta da igreja da matriz, outro cartão postal. O Ventaniense tem vários privilégios aqui e sabe valorizar o que não há em outros lugares do mundo.

Segundo, quer-se publicar feitos desses Ventanienses, ilustres ou anônimos. O Tribuna Alpina quer dar destaque sempre para os acontecimentos promovidos na cidade e por gente da cidade. Existem inúmeros exemplos de grandes coisas feitas por gente daqui. Queremos descobrir e dar-lhes o devido crédito, além de possibilitar que outros conheçam e porque não se inspirem em grandes feitos e possam trilhar suas próprias jornadas de sucesso e realização.

A equipe do Tribuna Alpina, claro, não fecha os olhos para o que desperta o interesse das pessoas na cidade. Seria incongruente não participar dos acontecimentos em época de eleições que são o assunto principal da cidade nos períodos pré, durante e pós campanha. A última série de publicações se deu simples e puramente porque é exatamente o que se ouviu, se comentou, se viu, se sentiu vindo das pessoas que aqui residem ou mantém vínculo com a cidade.

Baixada a poeira de toda a movimentação e mobilização da cidade em torno de candidatos, partidos e seus apoiadores, agora voltamos a nossa programação normal. Tudo o que for de gente da Ventania e feito por gente da Ventania tem espaço garantido neste projeto que desde seu início tem plena consciência de seus objetivos principais: informação e cidadania.

São bem vindos quaisquer assuntos de interesse local, incluindo a política. Não queremos é deixar de lado nossos músicos, poetas, educadores, empreendedores, líderes e todas as outras pessoas que fazem e vêem a Ventania como ela é: apesar de todos os pesares, gigante e com potencial de sempre se destacar e ser maior e melhor do que qualquer outro lugar.

Leave a Reply