Eleição do Conselho Tutelar de Alpinópolis

Nesta sexta-feira (23), aconteceu em Alpinópolis a eleição para os membros do Conselho Tutelar. Puderam votar todos os eleitores do município, mediante a apresentação do Título de Eleitor e de um documento de identificação pessoal com foto. A votação aconteceu no Lar Escola Santo Antônio, sendo iniciada às 8:00h e encerrada às 16:00h.

Absoluta tranquilidade durante a eleição realizada no Lar Escola Santo Antônio

As conselheiras foram eleitas para o triênio 2012-2015. Nesse período, atuarão na fiscalização do atendimento à população infanto-juvenil, além de zelar pelo bem estar das crianças e adolescentes residentes em Alpinópolis.

O processo foi balizado pelo EDITAL 001/2012 do CMDCA (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente), entidade que organizou a eleição. O citado edital foi elaborado com base na Lei 8.069/1990 (ECA), na Lei Municipal 1.789/2008 (com nova redação dada pela Lei Municipal 1.897/2009) e na Resolução 139/2010 do CONANDA (Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente).

A presidente do CMDCA Zania Mara Nunes de Assis, disse que o pleito de 2012 foi muito bem organizado, sendo que recebeu total respaldo da equipe do CRAS, além de contar com o empenho de todos os membros do conselho, o que permitiu que tudo corresse sob o mais absoluto controle.

Segundo esclareceu a presidente, o processo de seleção foi relativamente longo e divido em 5 etapas:

  1. Análise de currículo – para verificação das exigências previstas no edital.
  2. Prova escrita – foi realizada no dia 23/10 e objetivava analisar os conhecimentos das candidatas sobre o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente).
  3. Avaliação psicológica – fase em que era verificada a aptidão da candidata para exercer o trabalho.
  4. Período de campanha – promovida entre os dias 05/11 e 22/11.
  5. Eleição – escolha através do voto direto entre as concorrentes, no dia 23/11.

AS ELEITAS

Obtiveram maior número de votos, portanto foram eleitas, as seguintes candidatas:

  1. Silvana do Jaime – 407 votos
  2. Joselita filha do Pilicate – 327 votos
  3. Cristina Cardoso – 290 votos
  4. Selma do Toti – 261 votos
  5. Sandrinha – 234 votos

Compondo o quadro de  suplência, ficaram as candidatas:

  1. Marlei – 207 votos
  2. Michelle – 196 votos
  3. Luana Oliveira – 182 votos
  4. Poliana da Silva – 106 votos
  5. Fabíula – 105 votos

Houve uma renovação de 40% do conselho, pois Silvana, Joselita e Cristina são candidatas reeleitas.

O CMDCA

Zania Mara, presidente do CMDCA de Alpinópolis

A presidente do CMDCA foi taxativa ao se referir à necessidade de haver harmonia entre o conselho que preside e o Conselho Tutelar, ressaltando ainda a importância de ser promovido um treinamento adequado para as conselheiras eleitas. “Espero que seja desenvolvido um trabalho em conjunto entre os conselhos nessa nova etapa o que, infelizmente, deixou a desejar em outras oportunidades. Faremos o possível para que as conselheiras recebam um treinamento de qualidade, que melhore suas aptidões e permita que desempenhem satisfatoriamente as difíceis funções que as esperam nestes 3 anos de grandes responsabilidades que tem pela frente”, disse Zania.

OS NÚMEROS DA ELEIÇÃO

Compareceram para a votação 2.334 eleitores (sendo 2.315 votos válidos, 17 nulos,  e 2 brancos), representando 17,26% do eleitorado alpinopolense. Vale ainda lembrar que o voto para essa categoria de eleição é facultativo, não havendo a obrigatoriedade do mesmo e, tampouco, necessidade de apresentar justificativa à Justiça Eleitoral, caso o eleitor não tenha votado.