Douglas Tintas renuncia à presidência da Câmara

douglas_tintasApós afirmar durante a última reunião do Legislativo alpinopolense que não renunciaria ao cargo de presidente, mesmo em face dos últimos escândalos envolvendo seu nome, o vereador Douglas Brasileiro Freire, o Douglas Tintas (PP), voltou atrás e apresentou sua carta de renuncia na tarde desta sexta-feira (20).

O documento é claro ao detalhar que a abdicação do pepebista é referente apenas ao cargo de presidente e não ao mandato de vereador. “Assim, resolvo então renunciar ao nobre cargo de presidente de Câmara, mantendo-me vereador para retornar aos trabalhos da bancada, onde o exercício da vereança é a essência dos nossos trabalhos, pelo que peço seja o presente pedido recebido e tomado as providências legais aplicáveis ao caso, requerendo seja o mesmo deferido pela Mesa da Casa”, esclareceu o parlamentar.

Douglas Tintas fez questão de declarar na carta que, para tomar sua decisão, acolheu os conselhos da maioria dos colegas de vereança, porém não deixou de alfinetar outros membros que o pressionaram pedindo sua cassação. “Como não quero causar prejuízo à Câmara e posso continuar ajudando os mais necessitados e desamparados fora da presidência, quero então dizer que estou acolhendo os conselhos da maioria dos nobres colegas vereadores, que o invés de me ameaçarem de cassação, como fui surpreendido na última sessão, me pediram para renunciar à presidência e manter-me vereador, dizendo ser para o meu bem e para o bem da Casa, sem terem me jogado contra a parede e sem me agredirem com a perversidade da traição”.

Com a renuncia, assume provisoriamente a presidência o vice José Acácio Vilela (PSDB) e novas eleições para a Mesa Diretora deverão ser convocadas já na próxima segunda-feira (23), uma vez que houve recentemente uma polêmica alteração na Lei Orgânica Municipal determinando este procedimento que impede a posse definitiva do vice no cargo.

Douglas Tintas permaneceu na presidência  da Casa por menos de dez meses, tendo sido empossado no último 26 de janeiro e se afastado neste 20 de novembro. O parlamentar foi eleito no final do ano passado para cumprir mandato durante o biênio 2015/2016 e, para tal, foi apoiado pelo ex-prefeito José Vicente da Silva, o Batatinha (PTB), o atual prefeito Júlio Cesar Bueno da Silva, o Júlio Batatinha (PTB) e os vereadores situacionistas Noé Bueno (PTB), José Antônio da Copasa (PTB), Paulina do São Bento (PTB) e Adriano Ploc (PDT).




SOBRE OS COMENTÁRIOS

Este é um espaço de diálogo e troca de conhecimentos que estimula a diversidade e a pluralidade de ideias e de pontos de vista. Não serão publicados comentários com xingamentos e ofensas ou que incitem a intolerância ou o crime.

Os comentários devem ser pertinentes ao tema da matéria e aos debates que naturalmente surgirem. Mensagens que não atendam a essas normas serão deletadas - e os comentaristas que habitualmente as transgredirem poderão ter interrompido seu acesso a este fórum.



Importante: Os editores não farão aviso prévio em relação a exclusão ou não aprovação de comentários.