Beneficiários do Bolsa Família caem 19% em Alpinópolis em 2017

bolsa_família_perdaDurante o ano de 2017 a quantidade de beneficiários do programa Bolsa Família diminuiu em Alpinópolis. Nos últimos 12 meses o número caiu 19,4%, passando de 1.000 famílias, quantidade registrada em dezembro de 2016, para 806 verificadas em dezembro do ano passado, ou seja, 194 atendimentos a menos. O valor injetado na economia local também sofreu queda, caindo de R$ 132.418,00 para R$ 105.365,00 no mesmo período, uma redução superior a R$ 27 mil. O valor médio pago por beneficiário também foi menor, variando de R$ 132,42 para R$ 130,73, respectivamente. Os dados são do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA).

O número vem diminuindo paulatinamente desde o início do último ano, apresentando recuperação em alguns meses isolados. Em janeiro de 2017 eram 985 famílias atendidas, em fevereiro o número caiu para 977, em março para 976 e em abril para 937. Em maio subiu para 938, em junho caiu para 914, em julho para 820, em agosto subiu para 856. Em setembro se manteve em 856, em outubro para caiu para 788, em novembro subiu para 806 e dezembro não apresentou variação e fechou também com 806 beneficiários.

Conforme estudo realizado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), fundação pública federal vinculada ao Ministério do Planejamento, a cada R$ 1 transferido às famílias do programa, o Produto Interno Bruto (PIB) municipal tem um acréscimo de R$ 1,78. O mais recente registro indica que a cobertura do programa abrange cerca de 92% da estimativa das famílias consideradas pobres no município, ou seja, não há atendimento integral das famílias pobres em Alpinópolis. Este cálculo é feito com base nos dados mais atuais do Censo Demográfico, realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O Bolsa Família é um programa de transferência direta de renda direcionado às famílias em situação de pobreza (renda per capita mensal entre R$ 85,01 e R$ 170,00) e de extrema pobreza (renda per capita mensal de até R$ 85,00). Ao entrarem no programa, os beneficiários recebem o dinheiro mensalmente e, como contrapartida, cumprem compromissos nas áreas de saúde e educação.




SOBRE OS COMENTÁRIOS

Este é um espaço de diálogo e troca de conhecimentos que estimula a diversidade e a pluralidade de ideias e de pontos de vista. Não serão publicados comentários com xingamentos e ofensas ou que incitem a intolerância ou o crime.

Os comentários devem ser pertinentes ao tema da matéria e aos debates que naturalmente surgirem. Mensagens que não atendam a essas normas serão deletadas - e os comentaristas que habitualmente as transgredirem poderão ter interrompido seu acesso a este fórum.



Importante: Os editores não farão aviso prévio em relação a exclusão ou não aprovação de comentários.