Bandidos fazem reféns e roubam veículos em Alpinópolis

PMMG

No último domingo (14) duas pessoas foram sequestradas e um veículo roubado à mão armada, na região central da cidade de Alpinópolis. O crime foi seguido de mais um roubo, desta vez de uma motocicleta, quando um parente das vítimas teria sido acionado e ido até o local do cativeiro para dar socorro aos familiares.

A Polícia Militar compareceu à Rua Capitão Joaquim Bento, onde as vítimas, um balconista e sua esposa, ambos de 20 anos de idade, relataram que chegavam em casa em um veículo Fiat/Pálio, cor branca, ano 1997, placas de Alpinópolis/MG, quando ao pararem para abrir o portão da garagem, foram surpreendidos por dois indivíduos desconhecidos e um deles, o que portava uma arma de fogo, anunciou o assalto.

Logo em seguida os criminosos disseram que adentrariam na residência, momento em que uma das vítimas informou ser irmã de um militar, tendo então os autores desistido do ato. Dessa forma, um deles assumiu a direção do veículo e, obrigando o casal a entrar no banco de trás, seguiu até a saída da cidade, entrando pela rodovia MG 446 tomando sentido à cidade de Carmo do Rio Claro. Durante o percurso, a cerca de 5km do trevo de Alpinópolis, o combustível do carro se esgotou, momento em que um dos bandidos se apossou do celular do rapaz, escolheu na lista de contatos o nome de uma pessoa identificada como membro de sua família e obrigou a esposa a realizar uma ligação ao primo do marido, solicitando que este levasse combustível até o local. Enquanto o telefonema era feito os bandidos ameaçavam as vítimas dizendo que, se fosse dito algo que levasse a suspeitar sobre o que de fato estava acontecendo, ambas seriam mortas.

Sem desconfiar de nada o primo do rapaz, um serralheiro de 30 anos, atendeu ao pedido de socorro e deslocou-se, em sua motocicleta, até o lugar indicado com um galão de combustível. No momento de sua chegada ele foi imediatamente rendido pelos bandidos, tornando-se a terceira vítima da dupla.

Durante o ato criminoso os bandidos, além de agredirem as vítimas a todo instante, também diziam repetidamente que tudo aquilo estava acontecendo por culpa da PM, que teria prendido um de seus amigos e recuperado um veículo GM/Astra, produto de roubo na cidade de Passos, o que os estaria levando a “fazer outra fita”.

Por fim os reféns foram amarrados às margens da rodovia, tendo os autores fugido separadamente, um dirigindo o Palio e o outro pilotando a motocicleta. Cerca de dez minutos depois as vítimas conseguiram se soltar e caminharam até a cidade, onde então procuraram a polícia.

O balconista declarou que, além de seu veículo, foram levados um aparelho de telefone celular e certa quantia em dinheiro. A esposa informou que teve o celular e dois anéis de ouro subtraídos. Já o serralheiro disse que, além da motocicleta, os bandidos também se apossaram de sua carteira que continha todos os documentos pessoais.

A PM realizou rastreamento em busca dos autores, mas até o momento ninguém foi preso.

Deixe uma resposta