Atendimentos do Bolsa Família diminuíram em Alpinópolis no ano passado

O número de beneficiários do programa Bolsa Família diminuiu cerca de 21% em Alpinópolis em 2018. Durante o ano passado foram assistidas mensalmente, em média, 704 famílias na cidade, em paralelo às 891 atendidas em 2017. Os dados são da Secretaria do Desenvolvimento Social, órgão subordinado ao recém-criado Ministério da Cidadania.

De acordo com os números, em 2018, foi direcionado um total de R$ 1,17 milhão para Alpinópolis, o que indica uma média de R$ 97.516 por mês. O melhor desempenho foi verificado em janeiro (R$ 105.758) e o pior em junho (R$ 87.733).

A quantidade de atendimentos oscilou comedidamente no decorrer do último ano. Em janeiro de 2018 eram 812 famílias assistidas, em fevereiro o número subiu para 814, em março caiu para 711, em abril para 662, em maio para 658 e em junho chegou ao pior desempenho, com apenas 632. Em julho subiu para 660 famílias, em agosto para 669, em setembro para 676, em outubro para 684, em novembro para 704 e em dezembro fechou em 761.

Na atualidade, o Bolsa Família contempla algo em torno de 9,95% da população total do município e inclui 59 famílias que, sem o programa, estariam em condição de extrema pobreza. No mês de dezembro de 2018 foram transferidos R$ 101.546 aos contemplados pelo programa e o benefício médio repassado foi de R$ 133,44 por família. Conforme estudo realizado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), fundação pública federal vinculada ao Ministério do Planejamento, a cada R$ 1 transferido às famílias do programa, o Produto Interno Bruto (PIB) municipal tem um acréscimo de R$ 1,78.

A cobertura do Bolsa Família é de 86,87% em relação à estimativa de famílias pobres no município, ou seja, nem todos que precisam são atendidos, ficando mais de 13% das famílias pobres de Alpinópolis fora do programa. Este cálculo é feito com base nos dados mais atuais do Censo Demográfico, realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O Bolsa Família é uma ferramenta de transferência direta de renda que atende famílias em situação de extrema pobreza e pobreza, identificadas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal. Atualmente, em Alpinópolis, são 2.856 pessoas registradas no Cadastro Único.

Deixe uma resposta