Artista plástica realizará exposição em Alpinópolis

d_darcy_alpinópolis

A artista plástica Darcy Teixeira, 80 anos de idade, natural de Monte Belo, e uma vida inteira dedicada à arte, à educação e às causas sociais, principalmente na cidade de Alpinópolis, realizará, no próximo dia 11 de agosto (sexta-feira), às 20 horas, no Teatro São Paulo, um grande encontro entre diversos artistas, intelectuais e autoridades do setor público e privado de toda a região.

O vernissage abrirá a exposição “ABRINDO AS CORTINAS MINEIRAS” com a mostra de aproximadamente trinta quadros, todos da própria artista.

quadro_ddarcy_04

No sábado, dia 12, haverá um tradicional “Almoço de Congo”, como é popularmente conhecido os almoços oferecidos aos grupos de congadeiros, os quais estão inseridos na história de Alpinópolis há quase duzentos anos. O almoço de confraternização dos grupos de Congadas será no Clube Pedra Branca.

Segundo a organizadora do evento, Liliane Lemos, que também é filha da expositora, o evento é, acima de tudo uma forma de valorizar nossas tradições históricas e culturais e, ao mesmo tempo promover uma integração regional através da arte.

quadro_ddarcy_03

 

A EXPOSIÇÃO

“Abrindo as Cortinas Mineiras”

Por Darcy Teixeira dos Anjos Lemos

Este trabalho é uma contribuição significativa para o estudo conceitual e histórico, o exame do fato folclórico e a análise das manifestações natalinas do povo de Alpinópolis (Ventania), Minas Gerais.

Para a concretização do trabalho, estive presente as procissões, rezas, terços, reuniões familiares, benzeções, situei-me na realidade da Irmandade de Nossa Senhora do Rosário que lidera as Festas do Reinado e me utilizei da técnica documental , entrevistas não dirigidas, observações direta e indireta, sistemática e participativa.

quadro_ddarcy_01

A AUTORA

Darcy Teixeira dos Anjos Lemos, natural de Monte Belo, Minas Gerais, reside em Alpinópolis, tendo recebido o título de cidadã alpinopolense em 1990.

Exerceu durante 50 anos cargo do magistério público e particular como professora, supervisora pedagógica, administradora educacional, psicopedagoga, diretora de escolas pré-escolar, ensino fundamental e magistério do 2º grau , delegada regional das APAEs do sudoeste do estado de Minas Gerais, presidente do Conselho Municipal de Educação e presidente do Conselho Municipal de Assistência Social.

Pós-graduada em Psicopedagogia e habilitada para o ensino de desenho geométrico. Fundou em 1972 associação cultural e folclórica ‘’ Dr. José de Carvalho Faria” com o objetivo de difundir e preservar as tradições religiosas e folclóricas do povo Alpinopolense. Fundou em 1994 uma escola musical de iniciação ao piano e teclado e, posteriormente, a instituição Ponto de Integração e Cultural (PIC), hoje voltada para a educação infantil.

Autora dos livros: Três Dias de Reinado, Os benzedores, Devotos e Devoções, Personalidade e Adaptação. Fundou, em 1960, o jornal periódico Voz Infantil.

Fonte: FM Atividade – Muzambinho/MG



SOBRE OS COMENTÁRIOS

Este é um espaço de diálogo e troca de conhecimentos que estimula a diversidade e a pluralidade de ideias e de pontos de vista. Não serão publicados comentários com xingamentos e ofensas ou que incitem a intolerância ou o crime.

Os comentários devem ser pertinentes ao tema da matéria e aos debates que naturalmente surgirem. Mensagens que não atendam a essas normas serão deletadas - e os comentaristas que habitualmente as transgredirem poderão ter interrompido seu acesso a este fórum.



Importante: Os editores não farão aviso prévio em relação a exclusão ou não aprovação de comentários.