Apreendidos menores suspeitos de assaltar supermercado em Alpinópolis

Os policiais do 3º Pelotão da PM de Alpinópolis apreenderam dois menores suspeitos de serem os autores de um assalto, ocorrido na tarde de quarta-feira (28), em um supermercado situado na Rua Rondônia, na região central da cidade. Ambos já tinham passagem pela polícia.

Segundo relatos da vítima, um comerciante de 50 anos, dois indivíduos com os rostos cobertos chegaram até seu estabelecimento, denominado “Supermercado CEA”, quando um deles, que era alto e magro e estava armado com uma faca, anunciou o assalto, empurrou a vítima e ordenou que se deitasse no chão. O proprietário percebeu quando foi retirado do caixa certa quantia, ainda a ser apurada, em moedas e cédulas. De seu bolso foi subtraída uma folha de cheque.

Após o roubo a dupla fugiu e se embrenhou por um matagal que existe nas imediações, local onde, posteriormente, a PM encontrou uma touca preta e uma faca, sendo os prováveis objetos utilizados no crime.

Os militares foram acionados e, por meio de uma denúncia anônima, receberam a informação que os autores seriam dois adolescentes, ambos de 17 anos, já conhecidos pela prática de roubos e outros delitos. Durante as diligências, uma nova denúncia informou que um dos menores estaria escondido em uma casa abandonada, sem água e luz, na Rua Rio de Janeiro, bairro Mundo Novo. A viatura se deslocou até este endereço onde, de fato, foi localizado o suspeito. Com ele foram encontrados R$ 75 e um celular.

Em seguida os militares se dirigiram até a residência do outro suspeito, dessa vez sendo informados pelo responsável de que ele não se encontrava em casa e que teria saído para jogar bola, levando consigo uma sacola de roupas. Em novo contato o jovem foi encontrado e confirmou que estava jogando bola na quadra da exposição, onde havia permanecido até às 22h. Desconfiados, uma vez que essa quadra não possui iluminação, os policiais prosseguiram com o interrogatório até que o menor acabou confessando que, após o futebol, ele e alguns amigos permaneceram no local fumando maconha. Sobre a sacola de roupas, ele alegou a teria jogado fora.

Em contato com a vítima, esta relatou que, apesar dos autores estarem encapuzados no momento do assalto, as características físicas eram parecidas as dos menores em questão. Um deles possui diversas passagens por roubo, tráfico, homicídio tentado e consumado. O outro é conhecido por envolvimento apenas com roubo.

Os adolescentes foram submetidos a exame médico no pronto-socorro do Hospital Cônego Ubirajara Cabral e apreendidos em flagrante delito, sendo devidamente encaminhados à autoridade policial competente para as devidas providências.

Leave a Reply