Alpinópolis supera meta de vacinação contra gripe

A cidade de Alpinópolis atingiu a meta de cobertura vacinal durante a 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra influenza. Até a última sexta-feira (31) 5.465 pessoas foram vacinadas, o que representa mais de 102% do público prioritário da cidade. A meta preconizada pelo Ministério da Saúde é de 90%.

No caso específico de Alpinópolis, que superou a meta, não sobraram vacinas para atendimento do restante dos moradores. A disponibilização somente acontece quando a vacinação não alcança os 90% do público alvo, situação que não se aplica ao município, portanto os estoques do Departamento Municipal de Saúde estão esgotados. A população alvo da cidade é composta por 5.368 pessoas.

Durante o período da campanha, compreendido entre de 9 de abril e 31 de maio, Alpinópolis recebeu 5.520 doses da vacina que foram aplicadas em 5.465 pessoas, entre as quais estão gestantes, puérperas, crianças (de seis meses a seis anos), idosos, professores, trabalhadores de saúde e pessoas com comorbidades (doentes crônicos). A diferença que pode ser observada – de 55 unidades – existe em função de uma segunda dose que é guardada para o segmento infantil. “Crianças que tomam a primeira dose pela primeira vez na vida devem tomar outra 30 dias depois. Esse público tem até o dia 30 de junho para tomar essa segunda dose”, explica Eliana Guilhermina da Cruz, enfermeira técnica em imunização do Departamento Municipal de Saúde de Alpinópolis.

O público que recebeu maior número de vacinas em Alpinópolis foi o de pessoas idosas com 2.347 doses aplicadas. Logo após aparecem as pessoas com comorbidades (doentes crônicos) com 1.241 aplicações, em seguida as crianças com 1.166, os trabalhadores da área de saúde com 339, os professores com 196, as gestantes com 147 e as puérperas com 29.

Segundo o Ministério da Saúde, a escolha do público prioritário no Brasil segue recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) por serem grupos mais suscetíveis ao agravamento de doenças respiratórias. A vacina é a forma mais eficaz de evitar a doença.

Leave a Reply