Alpinópolis já conta com mais de 60 casos de dengue

Entre confirmações laboratoriais e clínico-epidemiológicas (teste rápido), o município de Alpinópolis já apresenta 61 casos de dengue registrados em 2019. A informação é da Divisão de Vigilância Epidemiológica, órgão vinculado ao Departamento Municipal de Saúde (DMS), e foi divulgada por meio de nota na tarde deste domingo (19). As notificações, no entanto, já chegam a um total de 122 e autoridades pedem que a população esteja alerta, colaborando com as ações de combate ao mosquito.

Segundo o DMS, dos 122 casos notificados, 58 apresentaram teste rápido reagente (confirmação clínico-epidemiológica), três foram confirmados por meio de exame laboratorial realizado pela Fundação Ezequiel Dias (Funed), 16 foram descartados e os 45 restantes ainda aguardam resultados.

Em outro documento, este enviado à Câmara de Vereadores no decorrer da última semana, a Prefeitura de Alpinópolis esclarece que todo caso suspeito é comunicado primeiramente à Vigilância Epidemiológica a qual, por sua vez, repassa a informação à equipe de controle vetorial local. Após a notificação é estabelecido contato com os pacientes suspeitos para que sejam dadas orientações, realizadas anamneses e feitos os encaminhamentos para coleta de exames.

A administração diz ainda, por meio da referida nota, que os trabalhos de combate ao Aedes aegypti não cessaram em Alpinópolis desde a epidemia de 2016 sendo que, nos dois anos subsequentes, houve uma queda drástica nos casos que atingiram o município, o que mostra a eficácia das ações adotadas.

O último boletim epidemiológico emitido pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) indica que a taxa de incidência registrada em Alpinópolis alcança 521,65 sendo classificada, portanto, como ‘muito alta’. O cálculo de incidência é realizado utilizando o número de notificações do município que é dividido pela quantidade de habitantes e multiplicado por 100 mil. Resultados abaixo de 100 são considerados de baixa incidência, de 100 até menos de 300 de média incidência e acima de 300 de alta incidência.

Conforme a Prefeitura de Alpinópolis, algumas ações vêm sendo intensificadas com o fim de evitar a proliferação do mosquito. No final de janeiro teve início uma operação denominada “Cata-Tudo”, quando um caminhão passou a recolher entulho das residências da cidade todas as quartas-feiras e são coletadas, semanalmente, cerca de cinco toneladas destes resíduos. A equipe de endemias reforçou os trabalhos de nebulização nos bairros São Benedito, Jardim Bela Vista, Mundo Novo e Cidade Jardim. Também estão sendo emitidas notificações a proprietários de terrenos sujos em toda a zona urbana do município.

Leave a Reply