Alpinópolis investiga morte de macaco e recebe verba para combate à febre amarela

macaco_morto_febre_amarela

O Ministério da Saúde autorizou um repasse de cerca de R$ 20 mil à Prefeitura de Alpinópolis para a intensificação das ações de vacinação e combate à febre amarela. A medida se estende a outros municípios da região e foi tomada em função do agravamento do problema em escala nacional, já que, até o dia 17 de março, 448 casos haviam sido confirmados em todo o país. No Sudoeste de Minas houve a confirmação de que 3 pessoas morreram por conta da doença, todas em Delfinópolis. Outras 10 cidades, inclusive Alpinópolis, estão na lista das localidades onde existe a suspeita de mortes de macacos pela febre amarela.

O boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) divulgado nesta quarta-feira (29) mostrou que, desde o início do surto da doença, em dezembro de 2016, até o momento, pelo menos 10 cidades da região, incluindo Alpinópolis, investigam mortes de macacos pelo vírus da febre amarela. As notificações passaram a registrar aumento entre fevereiro e março.

O documento também revelou que mais um caso de morte de macaco pela doença foi confirmado, desta vez, no município de São João Batista do Glória. Em Delfinópolis e São Roque de Minas já haviam sido confirmados casos de morte desses animais por febre amarela.

Segundo a publicação do governo estadual, a investigação por meio de exames para confirmar a morte pelo vírus da febre amarela vem ocorrendo nos municípios de Alpinópolis, Capitólio, Carmo do Rio Claro, Claraval, Conceição Aparecida, Guapé, Nova Resende, Piumhi, São José da Barra e São Sebastião do Paraíso.

Em todo o estado 149 municípios registraram rumores de mortes de macacos, sendo que em 122 ocorre a investigação para saber se foi pelo vírus e em 102 já houve a confirmação das suspeitas.

Com o objetivo de oferecer suporte para combater o problema o governo federal, por intermédio do Ministério da Saúde, autorizou o repasse de verbas a vários estados. Somente Minas Gerais recebeu a quantia de R$ 10.741.705,61 e, na região do Sul de Minas, 53 prefeituras serão contempladas com o recurso. Desse total, o valor destinado a Alpinópolis corresponde a exatos R$ 20.333,23.




SOBRE OS COMENTÁRIOS

Este é um espaço de diálogo e troca de conhecimentos que estimula a diversidade e a pluralidade de ideias e de pontos de vista. Não serão publicados comentários com xingamentos e ofensas ou que incitem a intolerância ou o crime.

Os comentários devem ser pertinentes ao tema da matéria e aos debates que naturalmente surgirem. Mensagens que não atendam a essas normas serão deletadas - e os comentaristas que habitualmente as transgredirem poderão ter interrompido seu acesso a este fórum.



Importante: Os editores não farão aviso prévio em relação a exclusão ou não aprovação de comentários.