Ação destemida de militar minimiza acidente com carreta em Alpinópolis

 

carreta_rua_pará_alpinópolis

Uma carreta bitrem, carregada com soja, que havia sido estacionada em uma via do bairro Mundo Novo, em Alpinópolis, na noite dessa segunda-feira (13), apresentou falhas no sistema de frenagem estacionária e acabou por descer a rua, sem motorista, causando danos em dois imóveis existentes no local. Os estragos só não foram maiores, pois um cabo do 3º Pelotão da PM, que participava de uma ação de rotina nas imediações, percebeu o problema e, em atitude destemida, embarcou no veículo e conseguiu pará-lo.

Durante uma abordagem de rotina na Rua Pará, nas proximidades do Auto Posto Ventania, o policial Diego Silva notou que uma carreta bitrem, cor prata, ano 2004, com placas de Araguari/MG, que até então se encontrava estacionada nesta mesma via em declive (sentido decrescente), começou a descer sem que houvesse condutor ao volante. Em função disso, o militar correu em direção ao veículo, abriu a porta, entrou na cabine e passou a acionar o freio. Neste momento o policial percebeu que o sistema de frenagem estava totalmente inoperante, já que a carreta continuava a ganhar velocidade apesar do insistente acionamento do pedal.

Como havia visualizado várias pessoas ao longo da via, pensando na segurança destas e visando evitar um mal maior, o cabo direcionou o bitrem para a direita, ocasião em que subiu na calçada e se chocou contra o alambrado de um depósito de pedras. O impacto não foi suficiente para deter a carreta que ainda desceu por alguns metros, rente ao alambrado, quando finalmente bateu no portão de um barracão, onde acabou parando.

O policial militar sofreu algumas escoriações no braço direito e mão esquerda, sendo conduzido até o pronto socorro para ser avaliado pelo médico plantonista. O motorista da carreta, um rapaz natural de Goiânia/GO, compareceu ao local e explicou que, inicialmente, tinha a intenção de estacionar no pátio de uma borracharia, para, inclusive, utilizar os serviços do estabelecimento. Como não havia mais vagas naquele local resolveu estacionar na Rua Pará e, logo após, se dirigiu até o restaurante para tomar água. Apenas ao retornar percebeu que o veículo havia descido a rua e causado o acidente.

O proprietário do bitrem, um homem natural de Campo Grande/MS, também se apresentou no local esclarecendo que havia carregado com soja em Alpinópolis e o frete tinha como destino a cidade de Santos/SP.

Segundo testemunhas, a carreta produziu barulho, tipo estalos, antes de começar a descer. Todas exaltaram a ação do policial e disseram que sua iniciativa foi fundamental para evitar um mal maior, já que muitas pessoas encontravam-se ao longo da rua e poderiam ter sido atingidas.

Após o registro da ocorrência, foi feito contato com o delegado de plantão na cidade de Passos, sendo que este liberou o veículo e determinou que a perícia técnica poderia ser realizada posteriormente, já que o acidente não havia deixado vítimas com ferimentos graves.

O condutor e o proprietário informaram que foi estabelecido contato com a empresa responsável pela carga, na cidade de Alfenas, para que a mesma providenciasse o transbordo da soja. Durante a realização da vistoria foi verificado que alguns dos pneus do veículo estavam lisos e faltavam dois deles no primeiro eixo do reboque. Por fim, constatou-se que a unidade tratora, o semirreboque, assim como o reboque, encontravam-se devidamente licenciados.

Leave a Reply